X

André Sá torce tornozelo e Simoni fica com vitória

Terça, 31 de janeiro 2006 às 13:58:09 AMT

Link Curto:

André Sá
O mineiro André Sá sofreu um entorse no pé direito durante sua partida de estréia no Cyclus Open de Tênis, torneio challenger que está sendo realizado nas quadras do Lagoa Iate Clube, na capital catarinense. Nesta terça-feira pela manhã, depois de vencer o primeiro set contra o paulista Alexandre Simoni por 6/2, Sá sentiu a lesão no quarto game do segundo set depois de rebater uma bola no fundo da quadra.


"Fiquei olhando para ver a marca da bola e quando levantei os olhos vi que ele estava subindo à rede. Fui correr e torci o pé", disse o mineiro, que ainda tentou permanecer na partida após receber atendimento da fisioterapeuta Ana Carolina Almeida, mas preferiu desistir do confronto quando Simoni fechou 5/2. "Com a Copa Davis vindo aí, é melhor não arriscar. Vamos ver o que acontece durante o dia e ver se será possível jogar duplas", acrescentou o tenista convocado pelo técnico Fernando Meligeni para defender o Brasil no confronto contra o Peru, de 10 a 12 de fevereiro, ao lado de Gustavo Kuerten, Ricardo Mello e Flávio Saretta, além do juvenil João Olavo Souza, o "Feijão".

Alexandre Simoni, por sua vez, avançou às quartas-de-final do Cyclus Open e na próxima rodada vai enfrentar o argentino Diego Junqueira, que derrotou o conterrâneo Cristian Villagran por 6/1 e 6/4. "É ruim ganhar assim, mas não deixa de ser uma vitória. No segundo set mudei a minha tática e fui prá cima dele, já que no primeiro set eu não consegui fazer nada do que eu pretendia. Então, achei melhor voltar para o meu jogo normal e deu certo até ele desistir", disse o paulista.

AUSTRÍACO DERRUBA O FAVORITO - A surpresa da rodada desta terça-feira foi a derrota do primeiro cabeça-de-chave do torneio, o argentino Sérgio Roitman. Ele caiu diante do austríaco Marco Mirnegg por 6/3 e 6/1, dando adeus à chave de simples. Mirnegg aguarda o confronto entre o gaúcho André Ghem e o equatoriano Giovanni Lapentti para saber quem será o seu próximo adversário. No outro jogo desta manhã, o cabeça-de-chave número 2 Juan Pablo Brzezicki, da Argentina, venceu o mexicano Bruno Echagaray por 6/0 e 6/4.

O Cyclus Open de Tênis tem pontuação de US$ 50 mil no ranking internacional por oferecer hospedagem aos jogadores. A chave principal começou segunda-feira e segue até o dia 5 de fevereiro.

Fonte: Assessoria de Imprensa De Zotti
banner
banner