X

Djokovic: 'Foco em Nadal, Federer e Murray está me ajudando'

Terça, 31 de março 2009 às 18:54:31 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
O sérvio Novak Djokovic garantiu nesta terça-feira uma vaga nas quartas de final do Masters 1000 de Miami, torneio pelo qual foi campeão em 2007, mas decepcionou no ano passado. O número 3 do mundo não vem em boa fase já que não defendeu seu título no Aberto da Austrália e em Indian Wells e ainda não demonstrou seu maior potencial.

Todavia o tenista de Belgrado começa a achar seu forte ritmo. Ele gostou de sua atuação contra o tcheco Tomas Berdych nas oitavas de final onde encaixou 6/3 6/2: "Joguei um ótimo tênis hoje. Berdych é um top 20, tem golpes firmes, mas eu sabia que ele erra muito principalmente na direita, então tentei mudar o ritmo das bolas", disse Djokovic que na semana passada reclamou da falta de confiança: "As vitórias são importantes para a confiança. Graças a Deus venho mais vencendo do que perdendo neste ano e espero seguir melhorando".

O mundo do tênis está hoje em cima de Rafael Nadal, número 1 do mundo campeão em Melbourne e na Califórnia, Roger Federer e Andy Murray que já surge como uma ameaça ao sérvio que está gostando da situação: "Estou muito feliz que as pessoas não vêm falando muito de mim agora. Isso ajuda a aliviar a pressão e fazer com que eu jogue meu melhor tênis. Tudo esse foco nos outros jogadores me favorece".

Para atingir a semifinal na Flórida, Djokovic terá que bater o francês Jo Wilfried Tsonga tenista pelo qual traz a boa memória de tê-lo vencido na decisão do Aberto da Austrália, mas as decepções de ter perdido os últimos quatro encontros: "Tsonga será um grande desafio pra mim. Sempre fizemos jogos parelhos, mas eu perdi as últimas quatro".
banner
banner