X

Federer não se incomoda com chuva nem vento para aumentar freguesia sobre Kiefer

Domingo, 29 de março 2009 às 16:20:00 AMT

Link Curto:

Federer - Miami 09 II

Leia Mais:
Federer relembra derrota para Dent no juvenil
Blog - Federer com vida mansa e turbulência para Melo/Sá
Serena e Venus seguem firme nos EUA. Zvonareva cai
Acompanhe Soares, Nadal e Murray a partir das 14h desta segunda!

O tempo bastante instável com chuvas passageiras e vento na ilha de Key Biscayne no Crandon Park em Miami não foram o bastante para incomodar Roger Federer que neste domingo ampliou sua freguesia sobre o alemão Nicolas Kiefer, ex-número 4 do mundo e atual 29o. colocado. O número dois do ranking aplicou 6/4 6/1 em apenas 1h10min e passou às oitavas de final do segundo evento Masters 1000 da temporada.

O primeiro set foi marcado por algumas pequenas interrupções devido ao mau tempo e muito vento na quadra central. A única quebra foi no terceiro game quando o suíço abriu 15/40, desperdiçou duas chances, mas contou com três erros seguidos do alemão para abrir vantagem. Depois bastou manter o saque sem muitos sustos para vencer por 6/4 em 42 minutos.

Kiefer perdeu a estabilidade na segunda etapa e foi logo quebrado no terceiro game com erro bobo após slice no meio da quadra do suíço. O alemão voltou a se confundir no quinto game, errou esquerda, cedeu nova quebra e a partir daí a parte mental já tinha ido para o brejo. Ele foi ao saque desconcentrado, levou lob, cometeu mais erros e cedeu fácil triunfo para Federer por 6/1.

Esta foi a 15a. partida entre os dois e a 12a. vitória do natural da Basiléia que não sabe o que é perder há onze jogos ou quase sete anos.

Federer agora terá pela frente o qualifier americano Taylor Dent, ex-21o. colocado, mas que ficou dois anos sem jogar por uma lesão nas costas (ocupa agora a posição 467). A partida será inédita no profissional. No juvenil os dois jogaram uma vez na grama de Roehampton em 1998.

Dent surpreendeu, na terceira fase, o espanhol Tommy Robredo com triunfo por 7/5 6/3. Ele havia sido o algoz do brasileiro Ricardo Mello na primeira rodada.
banner
banner