X

Zé Pereira vence jogo emocionante e atinge a semi da Gerdau

Sexta, 27 de março 2009 às 19:57:40 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
O pernambucano José Pereira, apelidado no circuito tenístico por Zé Pereira, fez a alegria da torcida local nesta sexta-feira, durante as quartas-de-final da Copa Gerdau de Tênis. Em jogo emocionante na quadra principal da Associação Leopoldina Juvenil, Zé Pereira derrubou o brasileiro naturalizado sueco Christian Lindell por 1/6, 6/1 e 7/6 (6) e avançou às semifinais.

“Foi um jogo muito duro, meu adversário jogou o melhor tênis dele, mostrando muita habilidade. E eu não tive um bom desempenho, estava muito ruim de cabeça, desconcentrado", justificou ele, analisando a partida que teve duração de 2h34min. Com a derrota do gaúcho Guilherme Clezar para o eslovaco Filip Horansky, Zé Pereira é o único brasileiro com chances de título na categoria 18 anos, válida pelo ranking mundial da ITF.

EM BUSCA DO BI – "No primeiro set, o Lindell jogou muito bem, mas eu não desisti, melhorei muito no segundo set", avaliou Zé Pereira, lembrando todas as dificuldades que enfrentou no set decisivo, quando teve inúmeras oportunidades de fechar, mas não conseguiu. Para a partida deste sábado, o terceiro pré-classificado na competição enfrentará o eslovaco Filip Horansky, cabeça-de-chave número 12 do torneio, e espera um jogo semelhante ao de sexta-feira. "E já aviso: se estiver difícil assim, vou para negra e encaro o que vier, com ou sem tie break", promete o brasileiro, que busca o bicampeonato nesta edição da Copa Gerdau.

Para a torcida presente na ALJ, a emoção da partida foi grande. O adversário de Pereira na rodada de sexta-feira, Christian Lindell, é brasileiro naturalizado sueco, mas sempre morou no Brasil. Mesmo representando outro país, era também um brasileiro em quadra. Algumas palmas discretas ressoaram em seus acertos no jogo, mas foram totalmente abafadas pelas que recebeu Zé Pereira, que comemorou o tempo todo com a torcida. Isso sem contar a diversidade de erros que pareciam decisivos no terceiro set, o mais emocionante de todos. Em certo momento, Lindell deixou cair a raquete em plena jogada, mas nem isso facilitou a situação do vencedor. Ao final, ele reforçou a mensagem: "Venha quem vier, estou pronto para encarar tudo!"

Lindell deixou a quadra feliz pela campanha que realizou na Copa Gerdau de Tênis. “Eu estou muito feliz, pois quase fiquei na segunda rodada”, lembrou. Mas não escondeu a frustração por ter ficado perda das semifinais. “Foi no detalhe”, ressaltou.

SEMIFINALISTAS - O adversário de Zé Pereira deste sábado, Filip Horansky, classificou-se ao vencer o brasileiro Guilherme Clezar por dois sets a zero, parciais de 6/3 e 6/4. O cabeça-de-chave número 2, o francês Julien Obry, continua na disputa após a vitória contra o eslovaco Jozef Kovalik por 6/4, 1/6 e 7/5. O norte-americano Tennys Sandgren derrotou o argentino Augustin Velotti, cabeça-de-chave número 4, por 4/6, 6/3 e 6/3. Os jogos deste sábado começam as 10h30min, com ingresso gratuito às quadras da ALJ.
banner
banner