X

Zebra Baghdatis faz mais uma vítima: Ivan Ljubicic

Terça, 24 de janeiro 2006 às 12:54:47 AMT

Link Curto:

Marcos Baghdatis
A grande surpresa do Aberto da Austrália segue despachando os favoritos. O cipriota Marcos Baghdatis, numero 54 do ranking mundial, eliminou o croata Ivan Ljubicic, 8º do mundo por 3 sets a 2 parciais de 6/4 6/2 4/6 3/6 e 6/3 em 3h e 17 min de jogo e agora enfrenta nas semifinais o argentino David Nalbandian que venceu o francês Fabrice Santoro por 7/5 6/0 6/0.


Com um jogo consistente, Baghdatis abriu 2 sets a 0, mas permitiu o empate de Ljubicic. No ultimo e decisivo set o cipriota, que já eliminara outro favorito Andy Roddick por 3 sets a 1, não deu chances para o croata e fechou a partida.

Ljubicic passou pela primeira vez da 3ª rodada na Austrália. Mesmo assim ele decepcionou mais uma vez e assim como na Masters Cup de Shanghai, não confirmou favoritismo.

No 1º set, equilibrado, Marcos teve 8 oportunidades de quebrar o saque de Ivan. E bastou apenas aproveitar uma para fechar em 6/4, contando também com seu ótimo aproveitamento nos pontos disputados em seu 1º serviço.

O 2º foi mais tranqüilo para a surpresa do torneio, que já havia vencido o mesmo Ljubicic no Austrália Open do ano passado por 3 sets a 1. O tenista do Chipre conseguiu duas quebras de saque e venceu tranqüilamente por 6/2 contra um apático Ljubicic.

Quando parecia que o jogo se encaminhava para uma vitória sem problemas, o croata resolveu mostrar o porque era considerado um dos favoritos ao titulo. Com uma recuperação elogiável Ivan venceu os dois sets seguintes por 6/4 e 6/3 empatando a partida em 2 sets a 2. Contando com bons saques e errando pouco, esperava-se que o croata viesse embalado para o quinto set e fosse virar a partida. Mas quem mostrou maior consistência e força foi a zebra Baghdatis. Ele quebrou o saque de Ljubicic uma vez e fechou a partida em 3 a 2.

Agora nas semifinais ele enfrentará outro favorito, o argentino David Nalbandian, que eliminou o francês Fabrice Santoro por 3 sets a 0. No confronto direto, empate em 1 a 1, sendo o último triunfo de Baghdatis, no carpete da Basiléia 2005.
banner
banner