X

Clezar e Portiolli avançam na Copa Gerdau

Terça, 24 de março 2009 às 16:09:39 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
O gaúcho Guilherme Clezar confirmou nesta terça-feira a sua boa fase ao vencer com facilidade na estreia da categoria 18 anos masculino da Copa Gerdau de Tênis, realizada nas quadras da Associação Leopoldina Juvenil, em Porto Alegre. Clezar, que no circuito Cosat deste ano conquistou o título da etapa disputada no Uruguai, precisou de uma hora exata para eliminar o paulista Augusto Meirelles por duplo 6/1.

Seu próximo adversário sai do confronto entre o japonês Yasutaka Uchiyama e o equatoriano Emilio Gomez. "Num torneio como este não dá para escolher o adversário. O mais importante é que eu consiga me manter focado para fazer o meu jogo, assim como aconteceu na estreia", avaliou o jogador, que integra a equipe do Instituto Gaúcho de Tênis.

Aos 16 anos de idade, Clezar prefere pensar etapa por etapa, mas não esconde a alegria em jogar num dos clubes que mais gosta, a Associação Leopoldina Juvenil. "Sempre joguei a Copa Gerdau, mas foi na Sogipa", afirmou o tenista, que já sentiu o gostinho de levantar o troféu de campeão da Copa Gerdau em 2004, quando venceu na categoria 12 anos.

A paranaense Giovanna Portiolli, 17 anos, surpreendeu a todos na manhã desta terça-feira (24) e inclusive a si própria na quadra principal da Associação Leopoldina Juvenil. No confronto que teve duas horas e 54 minutos de duração ela esteve prestes a perder em diversos momentos, mas demonstrou força para superá-los. Já no terceiro set, quando sua adversária, a suíça Michela Casanova, tinha um match point a seu favor, a brasileira virou o jogo e venceu por 6/4, 4/6 e 7/5. A vitória valeu presença na segunda rodada da categoria 18 anos da Copa Gerdau de Tênis, que acontece durante toda a semana em Porto Alegre. “Teve um momento em que pensei que não iria mais vencer. Desanimei, pois ela estava quase ganhando”, confessou Giovanna. “Mas quando estava quase desistindo, ela errou algumas bolas e nem sei de onde tirei energia para ir em frente”, disse.

Apesar de ter participado apenas de duas etapas do Circuito Cosat nesta temporada, no Paraguai e no Banana Bowl, a paranaense, atualmente treinando com o pai, não sabia como expressar sua vibração por ter eliminado uma adversária importante. “Estou muito feliz em ter representado o Brasil. Quando se encara uma pessoa que vem de fora, com mais estrutura e um nível bem mais forte, a gente sempre acha mais difícil”, diz ela, prometendo dar o seu melhor durante o torneio. Ainda assim, ela prefere não alimentar muitas expectativas quanto a sua campanha. Sua próxima adversária será a cabeça-de-chave número 4, Ulrikke Eikeri, da Noruega.

FAVORITA VENCE FÁCIL - A francesa Kristina Mladenovic, principal favorita dos 18 anos feminino, estreou com vitória arrasadora na Copa Gerdau. Nesta terça-feira, marcou duplo 6/0 sobre a brasileira Isadora Busch, de São Paulo, e agora enfrentará Isaura Aguilar, do Paraguai. Quem também começou com vitória foi a brasileira Gabriella Costa Silva, do Mato Grosso do Sul, que eliminou a mexicana Andrea Tabachnik por duplo 6/1, enquanto Bárbara Gueno, de São Paulo, venceu a equatoriana Alejandra Barragan por 6/3 e 6/2.
banner
banner