X

Baghdatis surpreende Roddick e ganha uma ilha no Chipre

Domingo, 22 de janeiro 2006 às 04:04:34 AMT

Link Curto:

Marcos Baghdatis II
Uma baita motivação fez o cipriota Marcos Baghdatis, número 54 do mundo, vir babando para cima de Andy Roddick, número três. E deu certo. Marcos surpreendeu, acabou com a festa do americano e de quebra ganhará uma ilha no Chipre, prometida pelo presidente do mesmo país antes da partida da madrugada deste domingo. Baghdatis venceu em quatro sets: 6/4 1/6 6/3 6/4.

Em Entrevista Exclusiva, Andy Roddick conta que busca fórmula para derrotar Roger Federer


Baghdatis, de 20 anos, e Roddick, 23, fizeram o primeiro duelo no circuito profissional. Os dois eram campeões juvenis na Austrália (Roddick em 2000, Baghdatis em 2002). O cipriota ja vinha surpreendendo no torneio, com vitória expressiva diante do cabeça-de-chave Radek Stepanek. Enquanto que Andy atropelava todos os seus adversários sem perder um set em três jogos.

O cipriota contava com o apoio de uma barulhenta a grande torcida de cerca de nove tios e diversos primos que moram na Austrália. A outra parte torcia mais calmamente para o americano.

Os ingredientes apontavam uma partida difícil. E foi. Bom para o jogador do Chipre que alcança seu melhor resultado em Grand Slams atingindo às quartas de final. Ruim para Roddick que defendia as semifinais em 2005, perdendo 300 pontos no ranking de entradas. O americano também fez uma forte pré-temporada visando um bom início de 2006 quizá com o título em Melbourne.

Os caminhos e a chave apontava para no mínimo uma qualificação para as semifinais e uma possível decisão com o suíço Roger Federer. Mas havia Marcos no caminho.

Desde o príncipio, Roddick tomou as dores do oponente. Com uma quebra no forte saque do americano, Baghdatis manteve-se firme e confirmou seus serviços para fechar a parcial por 6/4. Na sequência, Andy melhorou seu nível de jogo e acertando boas bolas do fundo de quadra venceu com muita facilidade: 6/1. Quando a partida parecia que mudaria de figura, o jovem talento voltou a mostrar força. Mais potente nos golpes de base e forçando o erro de Roddick, Baghdatis fechou o terceiro e quarto sets com apenas uma quebra de serviço em cada: 6/3 6/4.

O cipriota espera pelo vencedor da partida entre o croata Ivan Ljubicic e o sueco Thomas Johansson. Baghdatis venceu o único encontro com Ljubicic. Diante de Johansson a partida seria inédita.
banner
banner