X

Nalbandian é o primeiro a alcançar às quartas em Melbourne

Domingo, 22 de janeiro 2006 às 03:38:21 AMT

Link Curto:

Nalbandian - Aus2
Mostrando um tênis muito sólido desde o serviço, passando pela devolução e pela regularidade, o argentino David Nalbandian foi o primeiro a garantir vaga nas quartas de final do Austrlian Open. Na madrugada deste domingo ele derrotou espanhol Tommy Robredo por 6/3 6/0 2/6 6/2 e avançou pela quarta vez consecutiva às quartas de final do primeiro Grand Slam do ano.


"Hoje joguei muito bem, muito confiante, batendo muito bem do fundo de quadra. Fiz um excelente primeiro e segundo sets, cai um pouco no terceiro e o Robredo melhorou, mas o quarto set voltei ao bom nível que foi a síntese da partida."

Desta maneira Nalbandian, número quatro do mundo, classificou sua vitória diante de Robredo, 19º na lista de entradas. A partida foi disputada na segunda quadra mais importante do complexo de Melbourne Park, a Vodafone Arena. Devido ao intenso calor de 40º C, a quadra foi coberta com teto retrátil, as luzes ligadas e a temperatura ambiente reduzida a cerca de 25º C.

Com uma boa temperatura ambos tenistas puderam praticar um bom tênis com destaque para o argentino nascido em Córdoba. Desde o primeiro set Nalbandian pressionou o saque do oponente. Com uma devolução firme, sua principal característica ele logo conquistou a quebra no início de jogo e marcou 6/3. A segunda parcial foi a mais fácil. O argentino acertava tudo. Direitas, esquerdas, boas transições e ótimos boleios vencedores. Tudo isso acuou Robredo que errou demais e tomou "pneu": 6/0.

No terceiro set, Tommy começou diferente. Buscou mais o ataque e com uma quebra logo no primeiro game derrubou o poder de ação de Nalbandian. O argentino passou a errar mais e a reclamar sem razão do árbitro de cadeira, o brasileiro Carlos Bernardes. Robredo aproveitou mais uma chance e marcou 6/2.

No quarto e decisivo set, o campeão da Masters Cup em Shanghai 2005, voltou ao jogo. Mais concentrado seus golpes entraram e a vitória veio com naturalidade após quatro match-points: 6/2. Ao final do duelo, o argentino ainda classificou seu nível de jogo: "De uma escala de zero a 10 eu me dou 8,6 hoje"

David busca agora quebrar uma sina no Aberto da Austrália. Será a quarta vez consecutiva que jogará às quartas de final. Em 2005 ele foi eliminado pelo vice-campeão Lleyton Hewitt. Desta vez seu adversário sairá do confronto entre o francês Fabrice Santoro e o espanhol David Ferrer. Contra os dois tenistas, o argentino apresenta retrospecto desfavorável. Diante de Santoro são duas derrotas em três partidas. Já contra Ferrer a situação é ainda pior. Apenas um triunfo em cinco encontros
banner
banner