X

Ex-jogador da Davis afirma que Grã-Bretanha precisa reestruturar-se

Terça, 10 de março 2009 às 11:30:59 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Mark Petchey, ex-tenista de Copa Davis da Grã-Bretanha e membro da LTA (Lawn Tennis Association), o equivalente a federação britânica de tênis, afirmou que o tênis em seu país precisa ser reestruturado.

As declarações vem logo após à derrota por 4 a 1 em plena Glasgow diante da Ucrânia na primeira rodada do Zonal Euro/África. Os britânicos precisarão vencer o próximo duelo contra a Polônia, caso contrário serão rebeixados para a terceira divisão.

"Não estamos alocando de forma correta os recursos. Precisamos reestruturar a LTA", disse Petchey que quer a presença de Tim Henman para fundar um novo comitê da LTA: "Não é preciso reestruturar um setor inteiro, mas é preciso focar em um ponto onde se tem 10 milhões de libras (pouco menos de 40 milhões de reais) para se investir na estrutura que o clube não tem. O comitê deveria ter um grupo com oito pessoas para decidir a melhor forma de gastar esse dinheiro. Tim Henman precisa estar nisso".

O ex-jogador também criticou os bônus pagos ao tênis feminino assim como o salário anual do presidente da LTA, Roger Draper.

"O tênis feminino teve mais bonificação do que o total que meu clube precisa para refazer as quadras. O salário do presidente é maior do que o montante recebido pelo tênis na Escócia. Como uma pessoa pode ganhar mais do que uma nação ?", questionou.

Um dos investimentos prioritários para Petchey é no treinamento e educação dos treinadores.
banner
banner