X

Imprensa chilena aponta para decadência do tênis no país após fracasso na Davis

Segunda, 09 de março 2009 às 15:45:47 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Após a esmagadora derrota diante da Croácia na primeira rodada do Grupo Mundial por 5 a 0, o Chile está fora da disputa na Copa Davis esse ano e em setembro terá que disputar os playoffs para se manter no Grupo Mundial.

Por isso a imprensa do país não poupou críticas à atual fase em que vive o esporte no local. O diário 'La Nación', em tom de ironia, sintetizou o confronto diante dos croatas com a manchete "E agora?", aludindo à decadência do tênis no Chile, que teve nos anos 1990 o canhoto Marcelo Ríos como número um do mundo e mais recentemente Fernando Gonzalez no top 5. Além disso, nas duas últimas Olimpíadas o Chile faturou quatro medalhas e o país ainda venceu por duas vezes a Copa do Mundo de nações disputada em Dusseldorf (Alemanha).

Além do La Nación, outro importante jornal do país, o 'El Mercúrio', também criticou a falta de renovação do tênis no país. Hoje o Chile possui no top 100 Fernando Gonzalez (17º), de 28 anos, que não jogou contra a Croácia pois estava lesionado, Paul Capdeville (91º), de 26, e Nicolas Massu (95º), que possui 29 anos. A maior esperança do país é Hans Podlipnik-Castillo, de 21 anos e abaixo dos 400 do mundo, que fez sua estréia esse ano na Copa Davis sendo derrotado por Roko Karanusic.
banner
banner