X

Phillipoussis substitui Ivanisevic e enfrenta Meligeni no Rio Champions

Sexta, 06 de março 2009 às 17:17:43 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Com uma mistura de talento e charme, Mark Philippoussis será a nova estrela do Rio Champions. Este jogador de extraordinário sucesso no circuito internacional irá substituir o croata Goran Ivanisevic, que por causa de uma recaída na lesão do joelho, teve de desistir de sua viagem ao Rio.

Philippoussis fica assim automaticamente integrado ao grupo Corcovado da competição e faz sua estréia no torneio diante do brasileiro Fernando Meligeni, no dia 12, por volta das 21h30min na HSBC Arena. Os ingressos estão à venda no www.ingressorapido.com.br.

Com 32 anos, Mark Philippoussis jogou no circuito profissional da ATP até 2006. Dono de um dos saques mais fortes da história – chegou a sacar a 229km/h - ganhou o apelido de “Scud”, alusão do míssil de fabricação russa. Com esta arma e um jogo poderoso, já aos 19 anos transformou-se no mais jovem tenista a terminar uma temporada entre os 50 primeiros do ranking e foi eleito o novato do ano pela ATP. Em 1996 foi a grande sensação do Australian Open, ao derrotar Pete Sampras, na terceira rodada do torneio. Philippoussis chegou a ser o oitavo colocado no ranking mundial, ganhou 11 títulos no circuito, ajudou a Austrália a vencer a Copa Davis duas vezes, em 1999 e 2003, e esteve nas finais de dois torneios do Grand Slam. A primeira no US Open de 1998, quando perdeu para o compatriota Patrick Rafter e em 2003 jogou a decisão do Torneio de Wimbledon, caindo diante de Roger Federer.

O sucesso nas quadras transforma Philippoussis num vencedor. Como ele mesmo diz “eu vim do nada”, referindo-se ao fato de seu pai ter sido um taxista na Austrália e dedicado sua vida a carreira do filho, que em 1999 entrou pela primeira vez para o grupo dos dez primeiros do ranking. Campeão de tênis, Philippoussis também fez fama fora das quadras. Foi eleito duas vezes um dos homens mais sexies do planeta pela Revista People e foi astro de um reality show da rede de televisão norte-americana NBC, o Age of Love.

A presença de Philippoussis compensa a desistência de Goran Ivanisevic, que antes de anunciar sua decisão fez todo esforço possível para jogar no Rio Champions. “Fiz tratamento, tomei injeção de cortisona, mas meu joelho não melhorou”, contou Ivanisevic. “Resolvi desistir para não comprometer minha atuação ou não jogar o torneio inteiro, o que seria bem pior.”
banner
banner