X

Johansson e Sela vencem jogos dramáticos e deixam Suécia 1x1 Israel

Sexta, 06 de março 2009 às 15:19:44 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Os portões fechados foram são uma mancha no duelo Suécia x Israel que acontece na quadra rápida coberta de Malmo. O motivo é a segurança dos jogadores já que protestos são prometidos pela população local aos ataques israelenses em Gaza. Sem torcida e num confronto vazio, Thomas Johansson e Dudi Sela venceram jogos dramáticos e emocionantes, garantindo o empate no primeiro dia de jogos.

Johansson, número 178 do mundo, que foi escalado de última hora pelo capitão Mats Wilander, bateu Harel Levy por 3 sets a 2 após 3h57min, com parciais de 6/7 (7/3) 6/4 7/5 4/6 8/6. Ele não atuava há cinco meses por conta de uma lesão no pé.

Wilander fez outra aposta, em Andreas Vinciguerra (três anos parado), e por pouco não deu certo. O tenista sem ranking perdeu o número 63 do mundo e número 1 de Israel, Dudi Sela, por 3 sets a 2 com parciais de 4/6 6/3 3/6 6/3 11/9 após 3h51min.

Neste sábado, Israel virá com o especialista Andy Ram e Amir Haddad enquanto que os suecos jogam os duplistas Simon Aspelin/Robert Lindstedt.

Wilander perdeu nomes como Robin Soderling e não tem Joachim Johansson para o duelo e princípio jogaria com os inexperientes Daniel Berta e Bjorn Rehnquist, mas optou por Johansson e Vinciguerra.
banner
banner