X

CBT anuncia redução de dívida com a ITF e Cosat

Sexta, 20 de janeiro 2006 às 14:49:18 AMT

Link Curto:

CBT
A Confederação Brasileira de T6enis deu mais um passo em direção ao futuro dos projetos assumidos pela atual diretoria dentro do programa do Movimento Tênis Brasil. Aos poucos, as dívidas estão sendo administradas e diminuídas, o que permite pensar na implantação de novas iniciativas.


Além da negociação das dívidas públicas da entidade (INSS, FGTS, Receitas Federal, Estadual e Municipal), a CBT também conseguiu reduzir a dívida de US$ 246 mil que tinha com a ITF- Federação Internacional de Tênis e estará pagando tudo até o final deste mês. O prazo para término do pagamento era julho de 2007, mas a CBT manteve as contas em dia em 2005 e com a retenção das verbas de televisão, Copa Davis e Fed Cup (a entidade não recebeu nenhum repasse no ano passado), o débito está praticamente quitado.

“As dívida com a Cosat também estão sendo negociadas e dos US$ 64 mil de débito herdados da gestão passada, já acertamos cerca de US$ 20 mil e também não ficamos devendo nada referente ao exercício 2005, por isso, em breve estaremos sem todas essas dívidas com as entidades internacionais e poderemos receber alguma coisa para impulsionar nossos projetos e competições”, explicou Jorge Lacerda da Rosa.

A nova postura da CBT já rendeu votos de confiança da Confederação Sul-americana de Tênis, tanto que já foi confirmado pelo presidente da Cosat, o chileno Sérgio Elias Aboid, o Brasil como sede da Assembléia Geral da entidade, nesse ano. O evento será em Brasília, junto com o Mundial de tênis em cadeira de rodas, de 5 a 7 de maio.

Seguindo da CBT, de transformar todo grande torneio em um evento que auxilie no desenvolvimento do esporte, paralelo ao torneio serão realizados um simpósio para treinadores, cursos de arbitragem e de formação de boleiros.

Fonte: Imprensa CBT
banner
banner