X

Gaudio eliminado, Ljubicic passa às oitavas

Sexta, 20 de janeiro 2006 às 11:29:07 AMT

Link Curto:

Gaudio - Estoril
O argentino Gaston Gaudio, número 10 do mundo começou mal, reagiu, mas acabou eliminado na terceira rodada do Aberto da Austrália diante do habilidoso francês Fabrice Santoro por 6/3 6/2 5/7 1/6 6/4 em 3h47min. Em outra partida do dia, Ivan Ljubicic, 8º, confirmou favoritismo e bateu o espanhol Feliciano Lopez em três sets: 7/5 7/6 (7/5) 6/0.


A armada argentina foi reduzida a apenas três integrantes: David Nalbandian, classificado para às oitavas, Juan Ignacio Chela e Guillermo Coria que buscam vaga na quarta fase neste sábado. Gaston Gaudio pára de novo na síndrome da terceira rodada na Australia. Em 2003 e 2005 ele chegou a essa mesma fase e desta vez a situação não foi diferente.

Após eliminar Razvan Sabau (ROM) e Lars Burgsmuller (ALE) sem perder sets, o argentino sentiu a dificuldade dos slices e voleios do diferente jogo de Santoro, número 65 do ranking de entradas. Nos dois primeiros sets, o argentino tentou tentou, mas não conseguiu furar o jogo do oponente, e irritado, jogou a raquete no chão algumas vezes. Ao fim, derrota por 6/3 6/2.

No terceiro set, Santoro abriu vantagem de quebra logo no início e tudo parecia que acabaria. Mas a raça argentina deu o ar da graça, Gaudio viropu fez 7/5. Embalado ele fez 6/1 no quarto set, mas caiu de produção e perdeu o ritmo. Santoro encerrou a partida com 6/4.

O francê encara agora o espanhol David Ferrer que despachou Mario Ancic, herói da conquista croata na Copa Davis do último ano. É a segunda vez em duas semanas que Ancic decepciona. Na decisão em Auckland, Nova Zelândia, ele jogou muito mal e foi derrotado pelo finlandês Jarkko Nieminen. Ferrer venceu por um triplo 6/3.

Ivan Ljubicic

De mansinho o croata Ivan Ljubicic, campeão em Chennai (Índia), segue derrubando um a um e já está nas oitavas de final do Austrlian Open. Ele bateu o canhoto habilidoso Feliciano Lpoez, algoz de Tomas Behrend O número oito do mundo venceu por 7/5 7/6 (7/5) 6/0. Ele alcança seu melhor resultado na Austrália e vai enfrentar o sueco Thomas Johansson, número 13 do ranking da ATP. Johansson passou fácil pelo francês Gilles Simon: 6/3 6/2 6/1.
banner
banner