X

Nadal dá o troco em Monfils e encara Murray na final de Roterdã

Sábado, 14 de fevereiro 2009 às 18:43:43 AMT

Link Curto:

Nadal - Roterdã 09 III
Leia mais:
Nadal recebe proposta de Namoro na Holanda
Espanhol tenta quebrar tabu de 3 anos e meio na Holanda
Djokovic pega francês Marselha - Chave ATP Marselha
Roddick é favorito e enfrenta atual campeão em Memphis - Chave ATP Memphis
Murray pede união dos jogadores contra novo sistema antidoping

O espanhol Rafael Nadal, número um do mundo, confirmou o favoritismo e avançou à final do ATP 500 de Roterdã, na Holanda, e de quebra deu o troco o francês Gael Monfils que o havia derrotado no início do ano em Doha (Qatar).

O triunfo do espanhol veio em sets diretos com parciais de 6/4 6/4 em 1h42min de jogo, mesmo placar da vitória do número 12 do mundo na primeira semana do ano.

Com o triunfo Nadal amplia a vantagem para o rival no confronto direto para 4 a 1, e na decisão de amanhã ele terá pela frente o britânico Andy Murray, contra quem tem retrospecto favorárel de 5 a 1, porém na última vez que se enfentaram, no torneio-exibição de Abu Dhabi (Emirados Árabes) no início do ano, o escocês levou a melhor com triunfo na final em três sets.

Nadal busca seu 33º título em sua 41ª final, enquanto Murray quer levantar seu 10º troféu da carreira disputando sua 15ª decisão.

O torneio de Roterdã é disputado em quadras rápidas cobertas e distribui valiosos US$ 1,445 milhão em prêmios. O jogo

O primeiro set foi muito disputado e teve três quebras. A primeia veio logo no game inicial a favor de Nadal. Contudo, Monfils não se abateu e devolveu logo em seguida. A quebra decisiva a favor do espanhol veio no quinto game após erro do francês. Aí foi só administrar bem o serviço e fechar com winner de paralela em 6/4.

A segunda parcial começou com os dois tenistas confirmando sem problemas até que Nadal foi pra cima, contra-atacou bem no quinto game e conseguiu a quebra após belo revés paralelo. Nos dois games seguintes Monfils teve quatro chances de quebra, mas bons serviços e intensidade no fundo de quadra salvaram o líder do ranking. Nadal então sacou com eficiência em 5/4 e fechou com o mesmo placar do set anterior.
banner
banner