X

Bellucci derruba português e decide Brasil Open contra o Robredo

Sexta, 13 de fevereiro 2009 às 23:33:20 AMT

Link Curto:

Thomaz Bellucci - Brasil Open 09 V

Leia Mais:
Bellucci se diz confiante para decisão contra Robredo
Paulista garante melhor ranking e entrará no top 60 com título
Bellucci 2x0 Gil. Veja como foi esta partida!
Veja Perfil de Bellucci - Veja Perfil de Robredo
Tennis Game - Reta Final. Aposte em Memphis!

Nem mesmo um apagão na quadra central da Costa do Sauípe no meio do segundo set foi capaz de parar Thomaz Bellucci. Na noite desta sexta-feira, o número 84 do ranking, derrotou o português Frederico Gil, duas posições abaixo na tabela, por 2 sets a 0 com parciais de 7/6 (7/3) 7/6 (7/3) após 2h16min de partida, e decidirá o Brasil Open, maior torneio do país contra o espanhol Tommy Robredo, número 19 do ranking, neste sábado às 21h, com transmissão ao vivo do placar Tênis News.

O jovem de 21 anos, que nunca havia alcançado sequer as quartas de final de nenhum evento de primeira linha, já vai disputar sua primeira decisão nesta que é sua segunda participação no Brasil Open disputado na Costa do Sauípe (BA).

Ele é o terceiro brasileiro a decidir em casa, igualando os feitos de Gustavo Kuerten que ganhou em 2002 e 2004, e Fernando Meligeni, que ficou com o vice-campeonato em 2001. Bellucci também quebra um tabu de quatro anos e meio sem brazucas em finais de torneios ATP. O último a conquistar tal feito foi Ricardo Mello que levantou o caneco em Delray Beach 2004, torneio jogado em setembro daquele ano.

Para tentar conquistar seu primeiro ATP, o tenista de Tietê terá um osso duro de roer pela frente, o espanhol Tommy Robredo, número 19 do ranking, que despachou o argentino Jose Acasuso nas semifinais por 6/2 6/1.

Robredo perdeu apenas 17 games em seus quatro jogos no Sauípe, sendo que seu pior desempenho foi na estreia diante do brasileiro Thiago Alves quando marcou 6/4 6/2.

O jogo

Foram 57 minutos de um primeiro set equilibrado. Os dois tenistas conduziram bem os serviços jogando os pontos importantes da melhor forma. Bellucci teve um break no terceiro game, mas deixou devolução na rede. Gil teve duas oportunidades no sexto e o paulista sacou bem. O jogo só poderia ir ao tie-break e Bellucci sempre caminhou na frente com miniquebra. Ele deslanchou 5 a 2 após bom serviço e smash e ampliou a vantagem com novo minibreak ao deslocar o rival com backhand firme, concluindo na deixada vencedora. Com grande vantagem, Bellucci teve o serviço na mão, definindo a parcial com winner de forehand na segunda bola: 7/6 (3).

A segunda parcial começou com os tenistas confirmando os serviços até o quinto game. Bellucci cometeu alguns equívocos, viu o europeu partir pra cima. Quando o game mostrava 15/40 para o rival no saque do brasileiro, alguns refletores da quadra central se apagaram. Os jogadores então reclamaram e o jogo foi paralisado por pouco menos de 20 minutos. Depois de um breve reaquecimento, Bellucci voltou frio, teve o saque quebrado com erro de voleio. Gil se animou, abriu 4/2 e chegou a sacar para o ser com 5/4. Mas a garra de Thomaz apareceu novamente. ele mesclou valentia nos profundos golpes de fundo e paciência para fazer um game perfeito, devolvendo a desvantagem.

O duelo então se encaminhou a um novo desempate. Mais consistente Bellucci viu o oponente errar e abriu 5 a 1. Um pouco de ansiedade ganhou notoriedade na hora de fechar após dois erros. Contribuiu um lance de sorte do rival que ganhou um minibreak com bola que triscou na fita e caiu do lado do paulista. Com 5 a 4 abaixo e saque, Gil tinha tudo para virar o tiebreak, mas Bellucci jogou seu melhor tênis, fez lindo voleio e contou com erro de revés do rival para comemorar o triunfo: 7/6 (7/4).
banner
banner