X
banner

Raony Carvalho é campeão da Copa Gerdau

Domingo, 27 de março 2005 às 23:25:34 AMT

Link Curto:

CBT
O tenista Raony Carvalho fez a festa brasileira depois de cinco anos de espera na Copa Gerdau de Tênis. Neste domingo, após quase três horas de partida, o jogador do Distrito Federal venceu o argentino Leonardo Mayer por 2 sets a 1, parciais de 6/7 (4/7), 6/0 e 6/4, e conquistou o título na categoria mais importante do torneio. O último brasileiro a vencer nos 18 anos masculino havia sido o gaúcho Lucas Engel, em 1999.


Para ganhar o confronto "Brasil x Argentina", disputado na quadra central da Associação Leopoldina Juvenil, Raony contou com o total apoio da torcida gaúcha. No primeiro set, saiu de um desconfortável 0/3, empatou em 3/3 e levou o jogo equilibrado até o 6/6. No tie-break, permitiu que o adversário abrisse 6/2 e fechasse em 7/6 (7/4).

No segundo set, Raony mostrou que estava disposto a reagir e fechou em 6/0, com extrema facilidade. No set decisivo, Mayer abriu 3/1, mas o brasileiro buscou e quase conseguiu pular em 4/3, não fosse o desperdício de quatro break points. O empate não abaixou o moral de Raony que confirmou com tranqüilidade em 5/4 e quebrou o saque do argentino numa dupla-falta. "Foi pura emoção. Ganhei por causa da cabeça, da raça e da torcida", disse Raony.

Na Copa Gerdau deste ano, o tenista foi o cabeça-de-chave número 5 e perdeu apenas dois sets nas seis partidas disputadas. Na estréia, venceu o brasileiro Ivan Cressoni por 6/3 e 6/0. Depois, passou pelo japonês Fumiaki Kita por 6/2 e 6/1, eliminou o bielo-russo Serguei Tarasevitch por 6/4 e 6/2, o favorito Dusan Lojda por duplo 6/2 e o paraguaio Daniel Lopez por 3/6, 6/4 e 4/0, quando o adversário desistiu do confronto por problemas físicos.

No início do segundo set, quando ganhava por 1/0, Raony solicitou atendimento médico em função de dores no braço direito. Mayer iniciou o terceiro set vencendo por 3/1. No final do quinto game, Raony solicitou novamente atendimento médico, desta vez para dores nas costas. No sexto game, o brasileiro quebrou o serviço do argentino e empatou o set em 3/3.

O game seguinte foi marcado por erros de Mayer, que perdeu a concentração ao reclamar com a arbitragem. O resultado foi um alto número de erros e uma dupla-falta no último ponto, dando o título de campeão da Copa Gerdau de Tênis ao brasileiro. "Quando se joga contra um dos melhores do mundo, é você quem tem que jogar bem. Não se pode esperar por erros do adversário", disse Raony ao final do jogo.

A torcida também foi importante para a vitória. "Me desconcentrei em alguns momentos, mas joguei com o coração, com raça. Mesmo quando eu errava, a torcida não parou de me incentivar, o que foi muito importante para a conquista do título", acentuou. Agora, Raony segue para Brasília, onde fica cerca de um mês fazendo um trabalho especial para ganhar peso e massa muscular. Depois, disputa dois futures no Brasil e parte para competições internacionais, incluindo o torneio juvenil de Roland Garros.
banner
banner