X

Djokovic gruda em Federer, mas joga pressionado na Austrália. Del Potro é o 6º

Domingo, 18 de janeiro 2009 às 11:29:49 AMT

Link Curto:

Novak Djokovic - Sydney 09 IV
A Associação dos Tenistas Profissionais divulgou, neste domingo, o novo ranking com um dia de antecedência, já que o Aberto da Austrália larga hoje à noite, às 22h, hora de Brasília. Novak Djokovic voltou a se aproximar de Roger Federer na briga pela segunda posição.

O sérvio diminuiu de 110 para apenas 50 pontos a desvantagem em relação ao tenista da Basiléia. Ele teve a chance até de ultrapassá-lo caso vencesse o finlandês Jarkko Nieminen e se garantisse na final do ATP 250 de Sydney, mas falhou.

O tenista de Belgrado tem uma chance de desbancar Federer após o Aberto da Austrália, mas precisará jogar muito, conquistar o bicampeonato e torcer para que Roger perca até as quartas de final.

No primeiro lugar, Rafael Nadal soma sua 23ª semana e está por enquanto confortável, garantido até o início de março com 13160 pontos (contra 10700 de Federer).

O quarto ainda é o britânico Andy Murray que se manteve inalterado com 7190. Ele é seguido por Nikolay Davydenko que agora tem a pequena ameaça do argentino Juan Martin Del Potro.

O jovem de 20 anos conquistou ontem o título do ATP de Auckland, somou 250 pontos e apareceu com 4060 na sexta colocação, subindo três degraus em relação a semana anterior. O tenista de Tandil apresenta o melhor desempenho de sua carreira. Ele deixou para trás os franceses Jo Wilfried Tsonga, Gilles Simon e o americano Andy Roddick. James Blake permanece em décimo lugar, com apenas 50 pontos de vantagem para o também argentino David Nalbandian, campeão de Sydney.
banner
banner