X

Becker, tenista que aposentou Agassi, confessa admiração por Guga

Quarta, 07 de janeiro 2009 às 08:00:00 AMT

Link Curto:

Benjamin Becker

Por Fabrizio Gallas, direto de São Paulo (SP) -

Benjamin Becker seria um mero ex-top 40, mas é muito conhecido pela façanha de aposentar Andre Agassi na terceira rodada do US Open de 2006. Disputando o challenger na capital paulista, o simpático tenista alemão concedeu entrevista e contou sobre aquele momento na quadra Arthur Ashe de Nova York.

"Foi uma excelente experiência pra mim, é por ela que sou mais conhecido. Foi um sonho jogar e ganhar de um cara como o Agassi em que você cresce o acompanhando na TV e o admira, tentando imitar, mas mesmo assim não fiquei nervoso. Eu tentei apenas ver esse jogo como um outro qualquer, não pensar muito que atuaria, mas hoje não penso mais nessa partida, quero apenas focar no que preciso pra poder melhorar meu jogo. Daqui a 10 anos é que vou pensar mais na grande partida que eu fiz", disse o tenista que afirmou ainda dar muitas entrevistas sobre aquele duelo. Por incrível que pareça, ele e Agassi ainda não voltaram a conversar sobre tal partida.

"Nem lembro o que eu falei com ele e nem o que ele me disse naquela ocasião, eu estava muito vidrado no que tinha acontecido e foi tudo muito rápido o que falamos".

Becker de certa forma participou também do fim da carreira do ídolo brasileiro Gustavo Kuerten que tentou, em 2007, sua última volta às quadras após a lesão no quadril. O alemão o venceu no ATP de Las Vegas e mostrou admiração pelo catarinense: "Jogar contra o Guga perto de sua retirada foi outro bom momento. Eu o vi em Stuttgart, logo depois que ganhou Roland Garros em 1997. Eu o assistia a todo momento. Era chato o ver não conseguindo se mover direito, mas ele atingiu muitas coisas para o tênis, foi importante e era um de meus ídolos".

Becker também teve outro nome a se inspirar para lhe direcionar ao tênis: Boris Becker. Mesmo não sendo seu parente, Benjamin se inspirou no título do compatriota em Wimbledon 1989 e hoje curiosamente é patrocinado pela marca de roupas de Boris a qual desfila pelas quadras do Parque Villa Lobos.

O tenista porém vive um momento ruim na carreira. Ocupando o 135o. posto no ranking, ele tenta se desvencilhar de uma lesão crônica no ombro que o tirou por cinco semanas das quadras no fim do ano passado. A solução seria uma cirurgia, mas Becker não quer perder uma temporada inteira e só pensa em ficar 100% fisicamente e desfrutar do tênis sem muitos objetivos.
banner
banner