X

Daniel, Alves, Chela e Puerta são destaques na forte lista do Aberto de SP

Terça, 16 de dezembro 2008 às 11:42:20 AMT

Link Curto:

Marcos Daniel - Barcelona 08

Leia Mais:
Guga é 'esquecido' pela ATP em retrospectiva
Nadal manterá reinado, apontam internautas
Beach Tennis reúne 60 jogadores no RJ
Moya diz que Nadal teve ano insuperável


Por Fabrizio Gallas

O Aberto de São Paulo, segundo maior torneio brasileiro, terá uma das mais fortes lista de tenistas dos últimos anos e contará com a presença dos melhores tenistas do país na atualidade.

Marcos Daniel, atual 87o. do ranking, será o primeiro cabeça-de-chave da competição jogada em quadras rápidas a partir do dia 5 de janeiro no Parque Villa-Lobos e que este ano dará 100 pontos ao campeão no ranking mundial (evento com premiação de US$ 100 mil mais hospedagem).

O gaúcho usará o challenger para iniciar sua preparação para o Aberto da Austrália que será jogado a partir do dia 19. Daniel defende pontos da semifinal do ano passado e buscará sua primeira conquista na capital paulista.

Thiago Alves, 113o. do ranking, terá que defender 83 pontos pelo título da temporada passada (furou o quali) e deve estar na lista de cabeças-de-chave. O paulista de São José do Rio Preto segue em sua luta para entrar entre os 100 melhores do mundo no início de 2009.

Além do número dois e três do Brasil, São Paulo verá em ação Ricardo Hocevar, Ricardo Mello, Franco Ferreiro e João Olavo Souza (Feijão). Flávio Saretta, que ganhou wild-card da organização, completa a lista de brasileiros que pode ainda aumentar com convites ou tenistas que furarem o qualificatório.

O evento estará 'inundado' de tenistas argentinos. Ao todo nove estão garantidos na chave principal. Os principais nomes são Juan Ignacio Chela, top 15 em 2004 e top 20 até o início de 2008. Chela não joga no circuito profissional desde o meio de 2008 por conta de uma hérnia e por isso terminará a temporada atual abaixo dos 100 melhores.

Vice-campeão de Roland Garros em 2005 e top 10 na mesma temporada, Mariano Puerta, número 195 da ATP, também tenta dar outro grande passo em sua recuperação após sofrer punição de dois anos por conta de doping.
banner
banner