X

Corretja aponta Argentina como favorita, mas não arrisca placar

Quinta, 20 de novembro 2008 às 15:35:56 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Por Fabrizio Gallas, direto de Mar del Plata

Um dos principais jogadores de Copa Davis da Espanha, ex-top 10 e derrotado por Gustavo Kuerten na final de Roland Garros em 2001, Alex Corretja esteve presente na cerimônia de sorteio dos jogos da final entre Argentina e Espanha no hotel Provincial e concedeu entrevista para falar sobre a expectativas do duelo.

Aposentado do tênis há mais de um ano, Corretja veio para a Argentina como comentarista da televisão espanhola. Como um bom e imparcial jornalista, ele não quis dar um palpite, só deixou claro que os donos da casa são os favoritos: "Tenho a sensação que Argentina é favorita, mas será uma eliminatória complicada, mas não vou dar um placar, tenho um, mas o mantenho reservado", disse Corretja.

O espanhol opinou também sobre as partidas desta sexta-feira que abrem a eliminatória final. O primeiro jogo será entre David Nalbandian e David Ferrer, às 13h, e logo a seguir Juan Martin Del Potro encara Feliciano Lopez: "Todos sabemos da altura do Juan Martin, Feliciano também é alto e vai variar bastante seu serviço com slice. Será uma partida parelha, teremos um Del Potro jovem, mas já com alguma experiência em Davis e um Feliciano mais experiente. O jogo de Nalbandian será diferente, com muito mais trocas de bola no fundo, com muitas mudanças e a chave pode ser o backhand de Nalbandian que é muito bom. Dependerá um pouco dos ângulos, se Nalbandian conseguir encaixá-los bem, pode tirar Ferrer da zona de confronto e aí é esperar. Se Ferrer encontrar seu jogo, com sua direita, pode ir bem."

Corretja, que ganhou a Masters Cup em 1998 ao bater Carlos Moya, comentou também sobre a forte possibilidade de Lopez jogar nos três dias, já que está escalado também para as duplas ao lado de Fernando Verdasco. "Pode beneficiar ou prejudicar, depende muito do jogador, mas aqui não desgasta tanto como no saibro. O físico e o psicológico são mais importantes".
banner
banner