X

Feijão derruba argentino e faz clássico contra Alves em Medellin

Quarta, 12 de novembro 2008 às 20:44:35 AMT

Link Curto:

Feijão - Aracaju 08
Depois de superar Diego Junqueira, cabeça-de-chave três e número 79 do ranking, João Olavo Souza, o Feijão (Amil/Wilson), 227º colocado, manteve a boa forma e carimbou passaporte rumo às quartas de final do challenger de Medellin (Colômbia), evento que distribui US$ 35 mil em prêmios, oferece hospedagem e é disputado no piso de saibro.

O jovem de 20 anos superou mais um argentino, o experiente Gustavo Marcaccio, de 31 anos, por 6/4 6/2 em partida que chegou a ser interrompida por algumas horas por conta da chuva: "Não entrei tão solto quanto no jogo de ontem. Até a chuva ele estava melhor, variando o jogo e eu levando no saque. Quando retornamos, entrei a mil por hora pois sabia que devia puxar senão ia complicar muito, consegui ganhar um game duro no 4/4, fui pra cima e com garra quebrei pra fechar o 1º set. Depois na segunda etapa saí quebrando, fiquei mais solto e as coisas fluíram melhor até o fim", disse João Souza.

Esta é a segunda semana seguida que o paulista de Mogi das Cruzes se classifca para as quartas de um torneio médio porte. Nesta temporada, João Souza, que treina no CT da Amil (comandado por Ricardo Acioly) no Rio de Janeiro, chegou às semis em San Luis Potosí (México) e Santiago (Chile).

Para repetir seus melhores resultados, Feijão precisará passar por mais uma dura batalha. Ele encara, na sexta-feira, o paulista Thiago Alves, cabeça-de-chave 5 e 113º colocado, que virou sobre o local Alejandro Falla, tenista que chegou ao top 80 em março, mas que atualmente ocupa a 187ª colocação, por 4/6 6/4 6/1.

Thiago segue em busca de uma vaga no top 100, mas precisa do título nesta semana. Contra Feijão foi apenas um jogo disputado no Aberto de São Paulo neste ano e teve o placar de 6/7 6/4 6/4 para Alves.

O paulista Ricardo Hocevar, que nesta semana alcançou o melhor ranking com a 163ª colocação, foi derrotado pelo equatoriano Nicolas Lapentti por 2 sets a 0 com parciais de 7/6 (7/4) 6/4 em duelo realizado na quadra central. Lapentti consegue dar o troco no brasileiro que o havia na semana passada no saibro de Guayaquil. O jogo valeu pela primeira rodada.
banner
banner