X

Simon derruba Federer e deixa suíço em situação complicada na Masters

Segunda, 10 de novembro 2008 às 10:35:00 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional


Perfil Tenistas :
Federer
Murray
Roddick
Simon
Djokovic
Tsonga
Del Potro
Davydenko
Depois de surpreender Roger Federer na segunda rodada do Masters Series de toronto no fim de julho, Gilles Simon, número nove do ranking, voltou a aprontar e novamente bateu o suíço na abertura do Grupo Vermelho da Masters Cup, torneio que reúne os oito melhores do ano em Xangai na China.

O frânces, que entrou na competição apenas com a desistência de Rafael Nadal, não sentiu a pressão por disputar pela primeira vez o milionária torneio que distribui US$ 4,45 milhões e mostrou um ótimo tênis para virar sobre o número dois da tabela e principal tenista do evento por 2 sets a 1 com parciais de 4/6 6/4 6/3 após 2h07min.

Federer, que desistiu há dez dias nas quartas do Masters Series de Paris com dores nas costas, não sacou tudo o que pôde, fazendo apenas três aces e encaixando 52% do primeiro serviço. O ex-líder do ranking e vencedor do US Open também não esteve tão agressivo assim e mostrou até insegurança durante alguns momentos, especialmente nos dois sets finais. Em contrapartida Simon fez bem seu papel de ser regular, cometeu 38 contra 50 erros não-forçados do tenista da Basiléia, bem como encaixou mais winners: 31 a 29.



Federer não foi brilhante na primeira etapa. Ele não sacou bem, apenas 42% do primeiro saque e dois aces, mas foi um pouco melhor na agressividade das trocas de bola conseguindo uma quebra no quinto game. Ele conseguiu salvar uma chance do rival e foi confirmando até a vitória por 6/4 em 41 minutos.

Federer melhorou um pouco o percentual de primeiro saque (foi para 50%), mas encaixou apenas um ace. O suíço chegou a abrir 2/1 com quebra, mas Simon devolveu logo em seguida e passou a pressionar o saque do rival com poucos erros. Federer demonstrou insegurança, não foi agressivo como costuma ser, conseguiu salvar três breaks no oitavo game, mas no décimo errou uma direita e viu o oponente vencer um ponto na raça após troca junto à rede para vencer por 6/4 após 50 minutos.

Os dois tenistas começaram confirmando na etapa final. Federer não estava em seu melhor nível e os winners eram escassos. Simon teve uma chance de ouro com 0/40 no sexto game, mas não converteu. Em seguida foi a vez do frânces fazer dupla-falta, errar bola boa, mas se salvou de um 0/40 com winners, ace e erro de direita do suíço. No oitavo game não teve jeito. O vice-campeão de Madri foi pra cima na devolução e conseguiu a quebra para abrir 5/3 e fechar com autoridade após um saque indefensável: 6/3.

Simon larga na frente do grupo e Federer precisará derrotar Andy Murray e Andy Roddick caso queira ir às semis da Masters Cup onde é o atual bicampeão e possui quatro títulos. Vale lembrar que Federer também começou com derrota no ano passado diante do chileno Fernando Gonzalez por 2 sets a 1 e carimbou quatro vitórias seguidas para o título.
banner
banner