X

Nadal é campeão em Toronto, fatura 30º título e fica perto do nº 1

Domingo, 27 de julho 2008 às 16:20:00 AMT

Link Curto:

Nadal - Campeão Toronto
O espanhol Rafael Nadal completou a semana perfeita com o título do Masters Series de Toronto na tarde deste domingo. O número dois do mundo não fez uma grande partida, mas foi bem nos momentos decisivos e derrotou o alemão Nicolas Kiefer por 2 sets a 0 com parciais de 6/3 6/2 após 1h30min de partida.

Leia Mais:
Federer elogia Nadal, mas descarta pressão por nº 1
Match-Point - Nadal dá a resposta. E agora Federer ?
Nadal bate Sampras e cola em Federer em Masters Series

Nadal fatura pela segunda vez o Masters canadense repetindo Montreal em 2005 (torneio é alternado nas duas cidades em anos pares e ímpares). É sua primeira boa campanha em Toronto na terceira participação. Em 2004 havia caído na estréia e dois anos depois perdido nas oitavas.

Ele levanta também seu 30º caneco na carreira, o 12º de Masters Series e sétimo torneio do ano (em nove finais) concretizando esta que é a melhor temporada de sua carreira (em 2007 havia conquistado seis torneios).

Nadal atinge a marca de 29 vitórias seguidas e consegue seu quinto torneio seguido. Ele não perde desde o início de maio quando sucumbiu ao espanhol Juan Carlos Ferrero na estréia de Roma. A partir daí foram só canecos em Hamburgo, Roland Garros, Queen´s, Wimbledon e agora Toronto.

A vaga como número 1 do mundo está cada vez mais próxima ao jovem de 22 anos. Com a conquista ele aparecerá com 300 pontos de desvantagem em relação a Federer (menor diferença já registrada entre os dois) já que somará 500 pontos, mas terá descartados 25 pelo 5º melhor resultados em ATPs no torneio de Rotterdam (Holanda). Caso conquiste o torneio de Cincinnati na semana que vem e Federer perca no máximo até as quartas, ele seria coroado como novo líder.

O tenista de Manacor abre um leque de freguesia sobre Kiefer. Este foi o quarto jogo entre os dois (todos nesta temporada) e a quarta vitória dele.

O jogo

Nadal jogou seu feijão-com-arroz de bolas altas, pesadas e fundas enquanto que Kiefer não esteve perto do que produziu na semana e se mostrou apático em determinados momentos do jogo.

O espanhol entrou como sempre muito concentrado passando bolas altas fundas e pesadas. Kiefer paereceu um pouco nervoso, cometendo erros bobos e jogando abaixo do nível que o levou a esta final. Nadal conseguiu a primeira quebra com devolução baixa que complicou o voleio de Nicolas. Ele abriu 4/2 e manteve o saque sem problemas até conseguir vencer o saque do oponente no nono game quando Kiefer teve 40/15, mas cometeu três erros, dando o set ao espanhol com uma dupla-falta. 6/3 em 40 minutos.

Na segunda etapa o alemão se animou um pouco, sacou bem no início e teve o quinto game como a chave da partida. Ele obteve três breaks e não converteu. Nadal confirmou e deslanchou para quebrar duas vezes e comemorar o título.
banner
banner