X

Nadal vira sobre Gasquet e pega Murray por final em Toronto

Sábado, 26 de julho 2008 às 00:55:00 AMT

Link Curto:

Nadal - Toronto 08 III
Depois de perder um espetacular primeiro set, Rafael Nadal não se abateu, manteve-se frio e derrotou o francês Richard Gasquet, 12o. do mundo, por 6/7 (14/12) 6/2 6/1. O número dois do mundo dá mais um passo para o número 1 com vaga garantida nas semifinais do Masters Series de Toronto.

O primeiro set durou 1h15min e teve muitas emoções. Gasquet veio com a proposta de jogar no risco, tentando winners para todos os lados e pressionar o saque do espanhol. Nadal conseguiu abrir vantagem com uma quebra no início e depois fazer 5/4 com saque, mas o francês não se intimidou, devolveu a desvantagem e levou ao desempate. Nadal abriu 3 a 0, mas Gasquet equilibrou, perdendo cinco set-points, alguns deles com erros bobos na esquerda, enquanto que Nadal perdeu dois, mas no sexto uma grande passada levou Richard a vitória em incríveis 7/6 (14/12).

Richard perdeu um pouco a intensidade na segunda etapa set enquanto que Nadal cometeu apenas dois erros. O espanhol salvou três breaks no terceiro game e conseguiu a quebra no seguinte com erro do francês. Nadal então abriu 4/1 e viu o oponente cometer equívocos para poder fechar em 6/2 após linda passada e dupla-falta de Gasquet.

Gasquet entrou no terceiro set com expressão de abatimento, cansaço e pouco produziu. Nadal largou com quebra no segundo game, fez 3/0 e ampliou a vantagem no quinto. Neste game um detalhe curioso. O francês perdia 30/40 quando achou que havia acabado. O árbitro chamou sua atenção, ele voltou, deu um ace, mas não teve forças e caiu por 6/1.

O tenista de Manacor vence sua quinta partida em cinco jogos contra Gasquet e alcança sua 27ª vitória seguida no circuito onde não perde desde o início de maio em Roma. De lá pra cá foram conquistas seguidas em Hamburgo, Roland Garros, Queen´s, Wimbledon e agora a semi no Canadá.

Ele repete as semis de Montreal no ano passado (a defesa de pontos ocorre apenas no início de agosto). Ele já tem desvantagem de 575 pontos para Roger Federer no ranking, podendo chegar a 300 caso conquiste o campeonato. Antes ele precisa passar pelo britânico Andy Murray, nono colocado, que superou o sérvio Novak Djokovic por 6/3 7/6 (7/3).

Rafa lidera por 4 a 0 os encontros diante de Murray, o último deles realizado na casa do adversário nas quartas de Wimbledon no início desse mês. Nadal marcou 3 sets a 0. O jogo acontece neste sábado às 20h.
banner
banner
banner