X

Bem fisicamente, Roddick afirma que não desprezou as Olimpíadas

Segunda, 21 de julho 2008 às 10:54:06 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
O ombro direito de Andy Roddick está melhor do que nos últimos meses, no tempo certo para o norte-americano iniciar a temporada de quadras em seu país visando boa preparação para o US Open.

Roddick não jogou nenhuma partida desde sua derrota na segunda rodada em Wimbledon para o surpreendente sérvio Janko Tipsarevic. O número seis do mundo não jogou Roland Garros devido ao problema no ombro.

"Me sinto bem. Estive treinando bastante nas últimas semanas, mas ainda não tive um teste. Consegui treinar no nível máximo que podia e isso é bom", disse o americano que adicionou estar se sentindo na mesma forma quando foi um dos protagonistas na vitória sobre a França na Copa Davis em abril.

Campeão do US Open em 2003, o tenista texano optou por não disputar as Olimpíadas de Pequim visando uma melhor prepapração para o último Grand Slam da temporada: "Primeiro quero dizer que a decisão de não jogar em Pequim foi uma das mais difíceis que tomei em minha carreira. Normalmente você não precisa escolher um entre dois torneios grandes. Minha decisão não tem nada a ver com algum tipo de falta de respeito às Olimpíadas. Sou muito fã dos Jogos. Mas eu preciso olhar por minha carreira, preciso ter bons resultados nos Slams".

Toronto, que começa hoje, será o primeiro compromisso de Roddick até o US Open onde ele classifica como "um novo início para meu ano", já que jogou muito pouco até aqui.
banner
banner
banner