X
banner

França e Romênia vencem confrontos no último jogo

Domingo, 06 de março 2005 às 16:26:32 AMT

Link Curto:

copa davis
Jogando em casa e no saibro, França e Romênia precisaram do último jogo para garantirem vaga nas quartas de final da Copa Davis. A França venceu a Suécia e a Romênia passou pela Bielorrússia. Os heróis dos confrontos foram Paul Henri Mathieu e Victor Hanescu.


Em confronto disputado na cidade de Estrasburgo, a França começou o dia liderando por 2 a 1, após a vitória de ontem nas duplas. A primeira partida deste domingo foi entre Sebastien Grosjean e Joachim Johansson. Os dois tenistas, que vinham de derrota em seus jogos de simples na sexta, travaram um duelo de 2 horas e 21 minutos. A partida começou boa para Grosjean, que conseguiu uma quebra de saque sobre Johansson e venceu a primeira parcial sem problemas por 6/3, sem ter seu serviço ameaçado. A partir do segundo set, porém, o jogo mudou completamente. Com mais confiança, Johansson aproveitou as suas 2 oportunidades de quebra no segundo set e venceu com fácil 6/1. O terceiro set foi o mais equilibrado e o sueco mostrou muito sangue frio para salvar 2 break points e novamente não desperdiçar oportunidade de quebra. Na única que teve quebrou o saque do francês e venceu o set por 6/4. O quarto set foi um passeio. Johansson quebrou o saque de Grosjean 3 vezes, venceu o set por 6/1 e a partida por 3 sets a 1, mantendo a Suécia viva.

O jogo decisivo foi disputado entre Paul Henri Mathieu e Thomas Johansson. Com um começo arrasador, Mathieu conseguiu 2 quebras de saque para vencer o primeiro set por 6/1. Sem esmorecer,o francês continuou muito firme, conseguiu nova quebra de saque e venceu o segundo set por 6/4. O terceiro set começou como os outros, com Mathieu mostrando mais confiança e conseguindo a vantagem com 2 quebras, contra 1 de Johansson. Quando o set estava 5 a 4 para o francês, Johansson abriu 0/30. Mostrando estar focado, Mathieu virou para 40/30, mas desperdiçou a chance. Novamente teve o match point com a vantagem no game e de novo não fechou. Sentindo a pressão, o francês teve o seu serviço quebrado e a parcial foi para o tie-break. Com mais entusiasmo, Johansson não teve dificuldades para fechar em 7 a 4. Com novo ânimo, o sueco quebrou o serviço de Mathieu e abriu vantagem no quarto set. Quando o jogo parecia estar mudando de lado, o francês devolveu a quebra. Quando sacava em 4/5, Johansson cedeu o match point. Dessa vez sem desperdiçar a oportunidade, Paul Henri Mathieu quebrou o serviço de Johansson, fechou o jogo em 3 sets a 1 e o confronto por 3 a 2, em 3 horas e 31 minutos.

Em Brasov, a Romênia teve que virar o confronto que perdia por 2 jogos a 1. Na primeira partida do dia, Andrei Pavel enfrentou Max Mirnyi. O romeno começou a partida com muita confiança e quebrou o poderoso serviço do bielorrusso 2 vezes para vencer por 6/1. O segundo set foi bem mais equilibrado, com cada tenista derrubando o serviço do rival 1 vez. O set foi decidido no tie-break, em que Pavel atropelou o bielorrusso por impressionantes 7 a 0. Com 2 sets a 0 contra, Mirnyi não teve outra saída senão arriscar mais. E deu certo. Com 2 quebras a favor e 1 contra, Max Mirnyi venceu por 6/4 e levou o jogo ao quarto set. Dessa vez, porém, o romeno conseguiu confirmar seus serviços e quebrar o do bielorrusso 1 vez para vencer por 6/3 e a partida por 3 a 1, em 2 horas e 39 minutos.

O confronto teve que ser decidido no último jogo, entre Victor Hanescu e Vladimir Voltchkov. O jogo começou muito equilibrado, com cada jogador quebrando o serviço do adversário 1 vez. A decisão foi para o desempate, vencido por Hanescu por 7 a 2. Com mais confiança, o romeno partiu com tudo para o segundo set, quebrando o serviço de Voltchkov 2 vezes, mas tendo o seu saque derrubado 1 vez. A parcial terminou 6/4 para Hanescu. O último set voltou a ser equilibrado. Jogando o tudo ou nada, Voltchkov teve 4 chances de quebra, mas não foi efetivo. Novamente um set foi para o tie-break, quando Hanescu mostrou mais calma no momento crucial para vencer por 8 a 6 e garantir a vitória romena em 2 horas e 36 minutos de jogo.

As quartas de final já estão quase todas definidas, faltando apenas o vencedor de Estados Unidos e Croácia, que se enfrentam na Califórnia. Os croatas lideram por 2 a 1. Quem vencer este confronto enfrentará a Romênia. No outro duelo da parte de baixo da chave, a Rússia irá receber a França. Na parte de cima teremos Eslováquia jogando em casa contra a Colômbia, enquanto a Austrália receberá a Argentina.
banner
banner