X

Especial Roland Garros - Grandes Campeões

Sábado, 24 de maio 2008 às 09:37:50 AMT

Link Curto:

Bjorn Borg

Por Daniel Lacerda

Muitos gênios do tênis já passaram pelas quadras de Roland Garros. Alguns não conseguiram colocar seu nome na galeria dos campeões. Outros, porém, não só conseguiram, como ajudaram a se eternizar graças ao saibro parisiense. Conheça a história de quatro grandes tenistas que foram campeoníssimos em Roland Garros: Bjorn Borg, Ivan Lendl, Mats Wilander e Rafael Nadal!

Bjorn Borg

O sueco Bjorn Borg é o maior campeão de Roland Garros. Ele venceu o torneio nada menos do que seis vezes. Seu primeiro título veio em 1974, ao derrotar Manuel Orantes por 3 sets a 1, com parciais de 6/7, 6/0, 6/1 e 6/1. No ano seguinte, ele derrotou o argentino Guillermo Vilas, com parciais de 6/2, 6/3 e 6/4 e levou a taça novamente.

As outras quatro conquistas foram consecutivas. Em 1978, ele superou o argentino Guillermo Vilas por 3 sets a 0, parciais de 6/1, 6/1 e 6/3. Em 1979, a vítima foi o paraguaio Victor Pecci, que caiu em quatro sets, parciais de 6/3, 6/1, 6/7 e 6/4. Em 1980, o oponente foi o americano Vitas Gerulaitis, que caiu rapidamente em três sets, parciais de 6/4, 6/1 e 6/2. O último troféu veio em 1981, em uma final disputadíssima diante de Ivan Lendl. Foi 3 sets a 2, com parciais de 6/1, 4/6, 6/2, 3/6 e 6/1.

Ivan Lendl

Ivan Lendl conquistou quatro títulos em Paris. Mas sua primeira aparição de destaque foi no vice-campeonato diante de Bjorn Borg, em 1981. O primeiro troféu, entretanto, só veio três anos depois, em 1984. Na ocasião, ele derrotou na final o americano John McEnroe, em cinco sets, com parciais de 3/6, 2/6, 6/4, 7/5 e 7/5. No ano seguinte, ele foi à final, mas perdeu para Mats Wilander.

Os outros títulos vieram em anos consecutivos. Em 1986, ele derrotou o sueco Mikael Pernforns por 3 a 0, com parciais de 6/3, 6/2 e 6/4. Já em 1987,a vítima foi Mats Wilander, que caiu por 3 a 1, com parciais de 7/5, 6/2, 3/6 e 7/6.

Mats Wilander

O primeiro troféu de Mats Wilander veio em 1982. Na ocasião, ele superou o argentino Guillermo Vilas por 3 sets a 1, com parciais de 1/6, 7/6, 6/0 e 6/4. No ano seguinte, ele perdeu para Yannick Noah na final.

Ele voltou a levantar a taça em 1985, derrotando Ivan Lendl na decisão por 3 sets a 1, parciais de 3/6, 6/4, 6/2 e 6/2. Em 1987, ele foi vice e derrotado por Lendl. Seu último triunfo veio em 1988, ao derrotar o francês Henri Leconte na final, por 3 a 0, com parciais de 7/5, 6/2 e 6/1.

Rafael Nadal

Rafael Nadal já é tricampeão em Roland Garros e com uma característica marcante: ele jamais perdeu uma partida no saibro de Paris. Sua primeira participação ocorreu em 2005 e ele já faturou o título, derrotando o argentino Mariano Puerta na final. A partida foi 3 sets a 1, com parciais de 6/7, 6/3, 6/1 e 7/5. No ano seguinte, novo título. Desta vez, a vítima na final foi o número 1 do mundo Roger Federer. O jogo foi 3 sets a 1, com parciais de 1/6, 6/1, 6/4 e 7/6 (4). Na terceira ida ao Aberto da França, terceiro triunfo, terceira vez com vitória por 3 sets a 1 na final e novamente sobre Federer. O jogo foi 6/3, 4/6, 6/3, 6/4 para o espanhol.
banner
banner