X

Tenista vitoriosa na Credicard MasterCard Junior’s Cup 2007 é forte até no nome

Quinta, 25 de outubro 2007 às 18:20:59 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
O sobrenome não poderia ser mais adequado para Carla Forte. Embora seja número 1 do ranking brasileiro nos 14 anos, ela só vai completar essa idade em janeiro de 2008.

Nesta quinta-feira, na estréia na quinta etapa da Credicard Citi MasterCard Junior’s Cup 2007, Carla nem precisou suar muito seu 1m70cm, na quadra do Petrópole Tênis Clube, em Porto Alegre, para derrotar Samantha Rego (SP), pois superou-a por 6/1 e 6/2. Ao ser questionada sobre qual era seu golpe mais certeiro, Carla respondeu: “É a minha vontade de vencer. Estou 100% na quadra”.

Tanta fortaleza de atitude só a tem feito consolidar posições no tênis nacional. A participação no circuito da Credicard e no Unimed foi decisiva para que Carla alcançasse a liderança na lista verde-amarela dos 14 anos. Agora, ela quer vencer o Master da Junior's Cup – os oito melhores das cinco etapas classificatórias, nos 12, 14, 16 e 18 anos (masculino e feminino) a serem definidos na capital gaúcha –, previsto para a primeira quinzena de novembro, em São Paulo. E, depois, a meta é o Circuito Cosat. Atualmente, ela é a 14 colocada. Contudo, a expectativa é de terminar 2007 em quinto. Para o próximo ano, Carla espera muito mais no Circuito Sul-Americano, pois deverá competir no Exterior.

Outro que está com o foco ajustado para o Cosat é o brasiliense Pedro Guimarães, segundo cabeça-de-chave em Porto Alegre nos 14 anos. Ontem, a primeira ação que fez depois de derrotar Haddad Júnior (SP) por 6/3 e 6/4 foi ligar para o pai e técnico Santos Dumond Guimarães, que ficou em Brasília. Digitou os números enquanto secava uma garrafa de meio litro de água. O calor de cerca de 30C – com sensação térmica bastante superior devido ao sol em um céu quase sem nuvens – não o abateu. “Estou acostumado com Brasília, onde é muito seco e quente”, justificou Pedro, que, com os resultados conquistados, imagina terminar 2007 entre os três melhores do Brasil. Uma das surpresas deste segundo dia da Credicard foi a eliminação do paulista João Sorgi, terceiro pré-classificado e sétimo do país nos 14 anos. Ele perdeu para Pietro Jordão, 31 (trigésimo primeiro), por 7/6 (6) e 6/3.
banner
banner