X

Argentino envolvido em escândalo de tênis

Domingo, 14 de outubro 2007 às 11:14:16 AMT

Link Curto:

ATP
Martín Vassallo Argüello jogou contra o russo Nikolay Davydenko, num encontro que desencadeou a investigação de mais de 150 partidas pela ATP. Ele criticou alguns colegas e contou o que se passou neste jogo.

Martín Vassallo Argüello vem fazendo várias declarações devido às investigações que a ATP está realizando sobre as apostas ilegais que estão “invadindo” o circuito de tênis.

O Argentino que jogou contra Nikolay Davyndeko, que abandonou a partida este ano em Sopot (POL). Naquela ocasião, a casa de apostas Betfair, que atua através da internet, pagava um alto valor pelo triunfo de Vassalo, mas ante as irregularidades aventadas decidiu anular o prêmio.

Em entrevista ao site do Terra, do Chile, o argentino declarou que só soube das altas apostas a seu favor após a partida. "Com certeza que me chamou a atenção. Me parece estranho que tantos jogadores estejam falando sobre o assunto somente agora e nunca disseram nada antes para alertar a ATP.”

Vassallo Argüello criticou alguns de seus companheiros ao dizer ter escutado Tim Henman, Andy Roddick e Novak Djokovic que haviam dito que sabiam do esquema das apostas, mas que demoraram muito tempo em denunciar a pratica. Para o tenista, o assunto é importante e as autoridades da ATP investigam uma lista com 150 jogos, inclusive em Grand Slams, acontecidos desde 2002.

"O ideal é que se chegue ao fundo desse problema. Que se contrate investigadores particulares. Pela limpeza do tênis, que se esclareça logo tudo.”

Sobre o comentado jogo que desencadeou a discussão sobre a apostas irregulares, o argentino afirmou que “não percebeu nada de diferente em Davydenko. Recordo que começaria a temporada em cimento e que ele tinha que se cuidar, pois sentia dores no pé. O problema é que isso pode manchar a imagen de um jogador que está entre os melhores do mundo”.
banner
banner