X

Zampieri salva match-point e vai às oitavas no Equador. Alves é eliminado

Quarta, 10 de outubro 2007 às 18:31:50 AMT

Link Curto:

Caio Zampieri - Florianópolis
Caio Zampieri (Wilson/Kirschbaum) se tornou o terceiro brasileiro a garantir vaga nas oitavas de final do challenger de Quito (Equador), evento que distribui US$ 25 mil e oferece hospedagem aos tenistas.

Leia Mais:
Mello vence apertado em Quito

Depois de vencer três jogos e furar o quali, o paulista de Mogi Guaçu teve mais um duelo difícil diante do argentino Horacio Zeballos, 228o. do ranking, mas saiu com a vitória em três sets com parciais de 6/3 6/7 (7/5) 7/6 (8/6).

O tenista treinado por Edson Santos começou bem a partida, abrindo 3/0 e fechando o primeiro set com duas quebras. No segundo ele foi quebrado logo no primeiro game, mas se recuperou e levou a decisão para o tie-break. Todavia, o jovem de 21 anos errou duas bolas bobas que decidiram a parcial para o argentino. Na terceira parcial, Zeballos elevou o nível de jogo, quebrou uma vez e chegou a ter 4/1 e 15/40 no saque de Zampieri. Mas o brasileiro não desistiu, fez seu game de saque, quebrou o adversário e levou o duelo para mais um desempate. No tie-break, Zeballos chegou a ter um match-point com 6 a 5 e saque, mas Caio não se deu por vencido e fez três pontos seguidos para vencer a partida.

"Foi um jogo duríssimo. Deixei ele voltar pro jogo no segundo set, mas me recuperei em seguida e tirei forças para vencer no final", declarou Zampieri que enfrenta nas quartas de final o espanhol Fernando Vicente, ex-top 20 e segundo pré-classificado da competição que derrotou na estréia o convidado americano Carlton Fiorentino por 6/0 6/2: "Será outro jogo complicado, ele já foi top e tem experiência, mas vou pra cima dele", continuou o tenista que volta à quadra nesta quinta-feira.

Além de Zampieri, outros dois brasileiros lutarão por vaga nas quartas de final: Ricardo Mello e Thomaz Bellucci.

Thiago Alves, número 316 do mundo, foi derrotado pelo qualifier argentino Gustacvo Marcaccio por 6/3 6/4 e deu adeus à competição.
banner
banner