X

Presidente da FCT é reeleito

Terça, 09 de outubro 2007 às 16:28:49 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Nesta segunda-feira, dia 08 de outubro, às 19 horas, reuniram-se na sede da Federação Catarinense de Tênis, em Florianópolis, representantes de 23 clubes de todo o Estado para a assembléia de eleição da diretoria da entidade.

A Diretoria que tomou posse nesta segunda-feira, oriunda de um grupo que há oito anos está à frente dos trabalhos da Federação Catarinense de Tênis e tornou a entidade uma das mais organizadas do país, terá mais quatro anos para colocar em prática o plano de desenvolvimento integral do tênis em Santa Catarina, iniciado em 2000, quando Jorge Lacerda da Rosa assumiu a presidência da FCT. O grupo logo se organizou e liderou o Movimento Tênis Brasil, que destituiu do cargo o então presidente da CBT, Nelson Nastás, com Jorge Rosa assumindo a dirigência do tênis no país.

Desde então, nos últimos 3 anos, a FCT esteve sob a presidência do florianopolitano Ricardo Murilo Pereira, eleito nesta segunda-feira para continuar à frente da entidade nos próximos quatro anos, tendo como seus vices Carlos José Alves (Financeiro), Abelardo Lunardelli (Relações Esportivas) e Rafael Westrupp (Técnico), contando com aprovação e apoio da grande maioria dos clubes do Estado, comprometendo-se a atender novas reivindicações e dar andamento ao plano de desenvolvimento do tênis catarinense.

Entre as realizações destes últimos anos estão os quatro confrontos de Copa Davis realizados no Estado, que além de uma sede com quadras públicas, atraiu novos parceiros ao tênis catarinense; criação e efetivação de projetos de tênis comunitário em diversos municípios; realização de circuitos brasileiros de tênis profissional, torneios internacionais de tênis profissional masculino e feminino, circuitos infanto-juvenis, de adultos e seniors, cursos de capacitação para treinadores e árbitros do Estado, entre outras ações destinadas à comunidade do tênis catarinense e à atração de novos praticantes do esporte.

Para os próximos quatro anos, a nova diretoria prevê a continuidade dos projetos e dos circuitos que já integram o calendário do tênis catarinense, brasileiro e internacional, além da criação de projetos inovadores de inserção do tênis nas escolas particulares, capacitações regionais e aproximação com os clubes, consultoria na gestão e organização do tênis, dentre outras ações necessárias para atingir as metas de desenvolvimento.

Para isso, a FCT conta com inúmeros e importantes parceiros como o Governo do Estado, empresas comprometidas com o esporte, clubes federados, fornecedores e os 7.336 tenistas cadastrados na entidade, que fazem do tênis um dos esportes preferidos entre os catarinenses.

banner
banner