X

ATP, WTA, Grand Slams e ITF se unem contra corrupção no tênis

Terça, 09 de outubro 2007 às 10:33:56 AMT

Link Curto:

ATP
Os comandantes do tênis anunciaram nesta terça-feira que vão se unir para combater a possível corrupção de apostas no esporte.

Leia Mais:
Murray vê com problemas apostas no tênis

A ATP vem respondendo nos últimos meses sobre o escânda-lo do jogo entre o russo Nikolay Davydenko e o argentino Martin Vassallo Arguello verificada em agosto durante o ATP de Sopot na Polônia. Davydenko vencia com faclidade quando perdeu o segundo set e abandonou no terceiro alegando lesão no pé. A empresa Betfair de apostas online verificou um número absurdo de US$ 7 milhões em apostas nessa partida.

As quatro lideranças de organizações, ATP, WTA, comitê de Grand Slams e ITF, realizaram um acordo para fazer uma união internacional para lutar contra o problema.

"Vemos a estabilização de se dedicar globalmente na 'Tennis Integrity Unit' (Unidade integrada do tênis) como prioridade e criação de algo maior" as a key priority for the sport and plans to create declarou Etienne de Villiers, presidente da ATP.

"Temos um bom número de encontros construtivos sobre esse assunto nesse ano e ainda teremos outra reunião nesta semana com pessoas de fora capacitadas para discutir próximos passos uma unidade que possa se tornar real o mais breve possível".

Desde que o caso Davydenko foi descoberto, muitos apareceram como o belga Gilles Elseneer que recebeu oferta para entregar partida contra o italiano Potito Starace em Wimbledon e também o sérvio Novak Djokovic que foi oferecido proposta para entregar duelo em São Petersburgo.
banner
banner