X

Tenistas experimentam jogo na grama em Bragança Paulista

Terça, 17 de maio 2022 às 20:30:37 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Os jovens tenistas da América do Sul aprovaram a novidade proposta pela Copa Cosat: competir em quadra de grama. O torneio oficial neste tipo de quadra, uma iniciativa inédita no continente, está em andamento em Bragança Paulista (SP), com a presença dos melhores jovens na categoria 14 anos. Os finalistas garantem vaga em um outro torneio de grama, ligado a Wimbledon, e viajam com as despesas pagas pela organização.



"Para mim, jogar na grama tem sido uma experiência muito incrível, uma oportunidade que poucos tenistas têm. Nunca fizemos isso antes e está sendo muito diferente. A bola quica diferente, é mais estranho, mas tem sido uma experiência linda. Espero aproveitar esse momento o máximo possível", elogia a paulista Luisa Guimarães.


Não é apenas para os brasileiros que a experiência tem sido positiva. Para os atletas dos outros nove países presentes na competição, a avaliação é das melhores. "Tem sido uma experiência incrível, eu adorei esse tipo de quadra. A bola joga menos, então é preciso ser mais agressivo. Tenho gostado muito e aproveitado essa oportunidade", destaca o jovem argentino Benjamin Chelia.


Para realizar esse torneio no Brasil, a Confederação Brasileira de Tênis e a Cosat montaram uma estrutura com 10 quadras de grama na HWT Sports Academmy, em Bragança Paulista (SP). No local, os meninos e meninas competem com o sonho de chegar à final e, de quebra, ganhar um convite para participar de um torneio ligado a Wimbledon.


"Esse foi um projeto desafiador, de construir 10 quadras de grama, que foi o que fizemos aqui. É emocionante ver essas crianças felizes, ansiosas para viverem essa experiência, para entrar em quadra e aprender coisas novas. Trouxemos um pouco da Inglaterra para dentro do Brasil e vemos que estão todos muito felizes com essa oportunidade", frisa Eduardo Frick, gerente de esportes e eventos da CBT.


Participam da Copa Cosat tenistas de 10 países: Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela. Com 32 atletas em cada naipe (masculino e feminino), os tenistas foram divididos em oito grupos com quatro jogadores. Nesta quarta-feira será disputada a última rodada da fase de classificação, avançando para as quartas de final apenas os melhores de cada grupo. Entre os participantes do torneio estão os melhores da idade da América do Sul, com 8 top-10 entre os meninos e 9 top-10 entre as garotas.

banner
banner