X

Kvitova: 'A bandeira estava pesada, foi bom ter Tomas junto'

Sexta, 23 de julho 2021 às 12:20:00 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Medalhista de bronze no Rio de Janeiro e bicampeã de Wimbledon, a tcheca Petra Kvitova foi escolhida para ser a porta-bandeira feminina de seu país ao lado do jogador de basquete Tomas Satoransky, e falou ao ISport de seu país sobre a experiência.



"Foi ótimo, mesmo sendo nós dois, foi diferente. Foi bom, apenas foi triste não ter público. Mas havia alguns espectadores e isso foi bom. Devo dizer que a bandeira também estava bastante pesada, estou contente por ter sido compartilhada, principalmente, por ter sido o Tomáš. Foi divertido, foi realmente incrível. Estou tão feliz que a oportunidade de estar lá", declarou a tenista.

Kvitova contou ao jornal que ficou "bastante emocionada" ao ser comunicada de que seria a porta-bandeira do país. "Gostei bastante e fiquei muito feliz. Fiquei emocionada ontem quando soube", revelou.

Petra Kvitova ainda rasgou elogios ao Estádio Olímpico de Tóquio, que foi construído nas ruínas do antigo estádio Olímpico que havia sido construído para os Jogos de 1964: "É lindo, é lindo, é grande. Mesmo por fora é muito lindo. Lamento que as pessoas não possam ver como nós vemos agora".

 

banner
banner