X

'Parece que tivemos lepra', afirma Londero sobre quarentena

Sexta, 22 de janeiro 2021 às 15:38:25 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Tenista argentino Juan Ignacio Londero afirmou ao diário local Olé que a qurentena para o Australian Open em Melbourne é uma das piores experiências em sua vida e que parece que os atletas estão com lepra.



"Te deixam na porta o café da manhã na porta, almoço e jantar. Quando soubemos que todos estavam trancados, o diretor do torneio disse que poderíamos pedir as coisas para treinar assim que pedimos bicicleta, pesos e elementos de preparação para irmos treinando com o que pudessemos. Fizemos diferentes atividades, mas o dia não deixa de ser eterno. De manhã faço Yoga e meditação ,é a parte mais divertida e que me motiva".

Londero não tem janelas em seu quarto: "Se você não se resigna um pouco, se queima. São 14 dias sem janela. É complicado, é uma das experiências mais difíceis da vida. Nem na quarentena obrigatória na Argentina...pelo menos existia um pátio. É uma loucura e tratamento é muito restrito. Somos testados todos os dias de COVID, é cansativo, poderia ser um pouco melhor o tratamento. Você é tratado como se tivesse lepra. Batem na porta, deixam as bolsas no chão e vem uma pessoa da segurança que não te deixa passar 10 cm da porta com cara de bravo. É como se tivessemos uma doença".

banner
banner