X

Menino que viralizou ao improvisar quadra não tem computador para estudar

Quinta, 25 de junho 2020 às 13:51:14 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

O jovem Pablo Maia, de 11 anos, viralizou na internet em 2018, aos 9 anos, por improvisar uma quadra no quintal de casa na maior favela do Distrito Federal está com dificuldades de acompanhar as aulas do 6º ano do ensino fundamental por não ter um computador.



Pablo ganhou a internet após ser personagem principal de uma reportagem da TV Globo local, da repórter Carina Ávila, e chamou a atenção de Roger Federer que enviou um vídeo de apoio ao menino, que vive com a avó Basilene Maia na favela do Sol Nascente.

"Começaram as aulas online do Pablo. Eu vou te dizer, não é nada fácil, porque eu não sou muito expert no assunto, né? Tem que ficar entrando em várias páginas para poder ver as aulas, para poder responder... Por exemplo: o professor manda um texto, aí você tem que clicar em outro lugar para abrir uma imagem para interpretar o texto, e no celular não dá para fazer isso tudo, principalmente o meu que não é lá grande coisa e fica travando", disse ela em entrevista à TV Globo local.

À reportagem, Pablo disse que a dificuldade de estudar pelo celular é o "tamanho da tela", mas ele e a avó revelam que o sinal de internet também é ruim na região. "Fica travando toda hora", contou Basilene.

O garoto tenta estudar da mesma forma como tem se dedicado ao tênis. Pablo é aluno do ex-tenista Carlos Chabalgoity. no Instituto Tênis e em sua quadra improvisada no quintal tem seguido os treinamentos. "Eu tô fazendo os exercícios que o professor pede para eu fazer em casa. São tipo exercícios de academia, como pique, flexão, várias coisas. E fico treinando com as bolinhas aqui no quintal", pontuou à reportagem.

O jornalista do GE no Rio de Janeiro, Thiago Quintella, conseguiu através das redes sociais uma doação de computador para Pablo:

Relembre o vídeo que viralizou de Pablo Maia:

:

 

 

banner
banner