X

Big 3 é contra a disputa do US Open. Duplas e quali podem ser cortados

Domingo, 07 de junho 2020 às 09:31:00 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Os líderes do USTA, o órgão que assume as rédeas do US Open e da turnê americana nos tribunais, pensaram que os profissionais da raquete aprovariam com a maioria o plano de criar uma bolha em Nova York para jogar o Masters 1.000 lá.



A realidade é outra. No início desta semana, era esperado um acordo entre as diferentes organizações e os tenistas que nunca chegaram. É por isso que tudo foi encaminhado para uma reunião informativa na próxima quarta-feira, 10 de junho. Novak Djokovic, Rafael Nadal e Roger Federer são os três membros do Big 3, sua rivalidade é a maior da história do tênis e eles são os jogadores com mais títulos nos Grand Slams com 56. Eles são três dos oito membros do Conselho de Jogadores, juntamente com Kevin Anderson, John Isner, Sam Querrey, Yen-Hsun Lu, Vasek Pospisil, Jurgen Melzer e Bruno Soares. Nadal, Federer e Djokovic, por diferentes razões, não vêem hoje, hoje, que o circuito retorne oficialmente à cidade de Nova York. O suíço não está empolgados em jogar um jogo sem público: "Não consigo imaginar jogar em uma quadra vazia" e a mesma opinião é de Stefanos Tsitsipas, último campeão do ATP World Finals em Londres: "Você não pode jogar um torneio da importância dos Aberto dos EUA sem público nas arquibancadas. Ganhar sem a adrenalina dos fãs nunca mais seria o mesmo." Nadal acrescentou mais incerteza ao afirmar na última quinta-feira, em uma conversa com jornalistas, que" neste momento eu não gostaria de ir jogar em Nova York. " Rafa quer evitar o risco de contágio ao mesmo tempo em que está ciente da dificuldade de alguns colegas em acessar os Estados Unidos devido às condições que eles viverão naquele momento com o COVID-19. Muitos países da América do Sul ainda estão longe de atingir o pico de infecções e mortes.

DJokovic, presidente do Conselho dos jogadores, foi além e chamou as propostas do USTA de jogar "extremas e impossíveis".

Os jogadores terão na próxima quarta-feira uma reunião pelo Zoom que pode definir. De acordo com o jornal MARCA, o US Open quer eliminar o quali para reduzir o número de tenistas Billie Jean King National Tennis Center. Da mesma forma, querem cortar a chave de duplas. As jogadoras da WTA estão submetidas a uma enquete para saber sobre Nova York.

banner
banner