X

Jovem canadense brilha em Acapulco e encara local afim de fazer história

Sexta, 28 de fevereiro 2020 às 11:09:50 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

A semifinal do WTA de Acapulco, no México, está registrado de história após a jovem canadense Leylah Fernandez, 190ª da WTA, superar a russa Anastasia Potapova, 97ª, e se garantir em sua primeira semifinal WTA da carreira.



Aos 17 anos, Fernandez vem em uma crescente no circuito feminino deste a temporada 2019, este ano furou o quali do Australian Open e na Fed Cup conquistou sua primeira vitória contra uma top 5 batendo a suíça Belinda Bencic na Fed Cup.

Em grande ritmo, a canadense furou o quali do torneio mexicano e precisou de 1h33 para fechar o placar contra Potapova em 6/4 7/5 tendo disparado três aces contra um da russa, que cometeu três duplas-faltas contra três da canadense, que venceu 76% dos pontos jogados com seu primeiro serviço contra 59% de aproveitamento da russa.

Jogando sua primeira semifinal da carreira, Fernandez encara outra estreante em semifinais em nível WTA, a local Roberta Zarazua, de 22 anos e 270ª do mundo, que vem de vitória sobre a eslovena Tamara Zidansek, 74ª, após 1h44 com placar em 6/2 3/6 6/2.

Zarazua é a primeira tenista do México a fazer uma semifinal em nível WTA desde Angélica Gavaldon, que em 1993 fez semi no WTA de San Juan, na Costa Rica.