X

Monteiro mira o top 60 para 2020

Segunda, 02 de dezembro 2019 às 21:05:32 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Por Fabrizio Gallas - Thiago Monteiro, número 1 do país e 89º do mundo, participou de evento do Rio Open nesta segunda-feira em quadra pública na Lagoa Rodrigo de Freitas com meninos e meninas do projeto Tênis na Lagoa em dia que abriu venda de ingressos do evento.



Crédito: Peter Wrede

 

O cearense que venceu três challengers em 2019 e se fixou no top 100 viajou para Buenos Aires onde fará pré-temporada ao lado do treinador Fabian Blendino e Pablo Fuente e terá como atletas nomes como o 14º do mundo, Diego Schwartzman, o 25º, Guido Pella, e o boliviano Hugo Dellien. Sua meta é uma subida mais consistente no ranking onde tem como melhor colocação o 74º posto em fevereiro de 2017.

"Sem dúvida foi um ótimo fim de temporada, terminar ano no top 100 melhora bastante opções de calendário, entrar no Australian Open que era um dos objetivos, então tentar embalar no começo de ano, fazer um bom Rio Open, pretendo bater a marca das quartas do Rio Open, pegar essa energia", disse Monteiro.

"Torneio desse nível não dá para escolher adversário, teremos top 10 como Thiem, Berretini, é acreditar que podemos ganhar desses caras como venci o Tsonga (em 2017) e entrar firme para vencer e aproveitar".

Thiago definiu o calendário para 2020. Ele começa dia 6 de janeiro em Doha, no Qatar, depois Auckland, na Nova Zelândia, Australian Open, em Melbourne, e a gira sul-americana em Córdoba, Buenos Aires, Rio Open e Santiago.

"Para essa gira não tenho metas de ranking, mas para o ano pretendo fechar no top 60, é trabalhar dia a dia, estar focado nisso, acreditando. Pré-temporada é tentar pegar o ritmo e confiança que esse pessoal pegou em 2019 para começar bem o ano. Sempre dá para evoluir coisas no meu jogo que já venho evoluindo, mas buscar consistência nos ATPs , qualquer queda de intensidade, de nível o pessoal passa por cima. Manter concentração consistência nos treinos que vai refletir nos jogos, jogar com coragem, devoluções um pouco mais agressivas, uma série de fatores que vão ajudar a atingir o objetivo no próximo ano".