X
banner

Raquete destruída por Serena na final do US Open deve ser leiloada por US$50 mil

Terça, 19 de novembro 2019 às 08:15:00 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Segundo reportagem do jornal The New York Times, a raquete destruída por Serena Williams durante a final do US Open 2018, quando perdeu um game como terceira punição por atitude antidesportiva, será leiloada no próximo dia 7 de dezembro.



Após a partida, Serena deu a raquete quebrada a um dos boleirinho da partida, Justin Arrington-Holmes, quando o garoto que trabalha no torneio desde 2013 pediu para tirar uma fotografia com a tenista. Holmes contou ao jornal que tanto Serena como sua irmã Venus sempre lhe foram amáveis no dia a dia das competições e que por isso Serena lhe disse para ficar com a raquete como recordação.

"Muitos jogadores são legais, mas alguns, como Serena e Venus, se importam mais e dizem 'oi' e fazem esforço para aprender seu nome e criar uma relação", contou ao jornal.

Prestes a completar 22 anos, o ex-boleirinho foi procurado pelo jornal pois a casa se leilões Goldin Auctions colocou 1600 itens ligados a atletas, dentre eles a raquete quebrada por Serena, e espera vender o objeto por US$ 10 mil, porém o fundador da casa de leilões, Ken Goldin, disse ao jornal que não se surpreenderia se vendesse a raquete por US$ 50 mil.

Braço inicial do caminho da raquete até a casa de leilões, Holmes vendeu o objeto por 500 dólares e utilizou o dinheiro para ajudar nos seus estudos. O jovem cursa biologia médica laboratorial na Boston Collage.

“Olhando pra trás eu gostaria que alguém tivesse me ajudado no processo. Eu não estava familiarizado com essas coisas e como elas funcionam. Eu apenas queria vendê-la".

banner
banner