X


Português protesta contra mudanças da ITF: 'Eles querem que desistamos'

-->
Terça, 12 de fevereiro 2019 às 17:45:00 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

O tenista português Francisco Franco Dias escreveu um texto desabafo para o site Raquetc, no qual explica, do ponto de vista de jogador, como as mudanças aplicadas pela Federação Internacional de Tênis (ITF) tanto em ranking como entradas em torneios.



Dias explica no texto que 60% dos jogadores que até 2018 poderiam entrar em qualificatórios de torneios nível ITF, com as mudanças não conseguem a entrada. "ITF iniciou uma drástica mudança na política de inscrições que viu reduzir o numero de posições disponíveis em quadros de qualificação de 64/128 para 24", escreveu.

Usando-se como exemplo, Francisco Franco Dias destacava que mesmo como 1057º da ATP poderia ser cabeça de chave em disputas de ITF 15k, porém, com as mudanças sequer consegue jogar quali. O português pontua que o fato da ATP ter mudado as chaves dos quali de Challenger com 16 ou 24 jogadores para 4, sendo um convidado e três classificados por ranking. "Jogadores classificados nas posições 300, ou por vezes melhor, não consigam jogar Challengers e consequentemente jogadores nas posições 700 ou melhor nem sequer consigam entrar na qualificação de Futures", conclui.

O tenista português contou a mudança no valor cobrado pelas inscrições nos torneios ITF US$15k e US$ 25k para US$ 40,00 e num calendário com 25 semanas, apenas em inscrições tenistas desembolsarão pelo menos, US$ 1 mil anuais.

Dias revela que ao serem comunicados pelas mudanças que poderiam vir como um ponto de mudança e melhoria mesmo para um tenista perto do número mil da ATP. "A realidade a história foi exatamente a oposta e está a ser vista como uma forte tentativa de aliciar jogadores de baixo ranking simplesmente a desistirem", desabafou.

Francisco compartilhou ainda o link de uma petição pública, elaborada por um grupo de 1400 tenistas, reunidos no Facebook, com o intuito de pedir uma revisão das mudanças (itf-international-tennis-federation-help-us-save-the-future-of-professional-tennis?fbclid=IwAR3U119ja-_cucJQvit0TrqS_Lu281CtE8E9rb2jIz_aEJZtV0v9B2AhBRA">confira aqui). Além disso, contou o português os atletas realizam um abaixo assinado entre os profissionais.