X

Halep e mais dez brigam pela liderança em Melbourne

-->
Domingo, 13 de janeiro 2019 às 04:00:48 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Disputa acirrada pelo topo do ranking da WTA no Australian Open. Atual número 1 do mundo, a romena Simona Halep terá, em Melbourne, nada menos que dez concorrentes pela posição de honra do tênis no próximo dia 28 de janeiro.



Vice-campeã na temporada passada, Halep tem 1.300 pontos a defender em 2019, sendo que serão 2.000 em jogo. A atual campeã, a dinamarquesa Caroline Wozniacki, a alemã Angelique Kerber, a japonesa Naomi Osaka, a norte-americana Sloane Stephens, as tchecas Petra Kvitova e Karolina Pliskova, a holandesa Kiki Bertens, a russa Daria Kasatkina, a bielorrussa Aryna Sabalenka e a ucraniana Elina Svitolina poderão tirar o posto de Simona.

Wozniacki, terceira do ranking, Kasatkina, 10ª colocada, e Sabalenka, 11ª, possuem as chances mais remotas: dependem de título, além da não participação ou de eliminação logo na estreia de Halep. Kerber, vice-líder e atual semifinalista, Kvitova, 6ª, Svitolina, 7ª, Pliskova, 8ª, e Bertens, 9ª, também têm missões complicadas. Enquanto as três primeiras precisam de uma semi em 2019 para sonharem, as últimas duas só terão alguma chance se chegarem à decisão.

Tendo caído nas oitavas e na estreia no ano passado, respectivamente, Osaka, 4ª, e Stephens, 5ª, são as que podem ascender ao topo com o resultado mais modesto. Contando com quedas precoces das rivais, elas podem alcançar a primeira colocação sendo quadrifinalistas no Slam da Austrália.