X

Bahia leva oito títulos no Brasileirão Seniors. Mais 11 estados triunfam

Sábado, 08 de setembro 2018 às 14:53:04 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Terminou neste sábado o Campeonato Brasileiro Seniors de Tênis, realizado no Costa Verde Tennis Clube, no bairro de Piatã, em Salvador (BA).A Bahia somou oito títulos ao todo sendo quatro em simples e mais quatro nas duplas. O evento contou com 196 tenistas de 17 estados brasileiros, oito deles entre os 10 melhores do mundo, nas categorias de 35 anos até 80 anos. A competição ofereceu pontos para o ranking mundial da Federação Internacional de Tênis.

 



 

Na categoria 35 masculino, o baiano Evaldo Jr, um dos grandes reveladores de talentos do estado, superou o paulista Sérgio Gianetti, principal favorito, na final por 6/2 6/0. É a primeira vez que Evaldo levanta o título Brasileiro de Seniors: "Torcida dessa ajuda bastante, encontrei o melhor ritmo, intensidade forte e o adversário sentiu um pouco. É muito bom ganhar um Brasileirão pela primeira, maravilhoso, vencer é bom demais", celebrou Evaldo que revelou nomes como Natan Rodrigues, hoje top 60 mundial do ranking juvenil, seu filho Evaldo Neto além de Silas Cerqueira, que no início da década foi o mais jovem a marcar pontos no ranking profissional da ATP com 14 anos.

Outro baiano que levantou o caneco foi Paulo Silva nos 70 anos masculino. Ele joga tênis desde 1968 e trabalhou como técnico na formação de outros talentos do tênis brasileiro como Patrícia Medrado e Danilo Marcelino.

"Fui pegador de bola no Clube Bahiano, fui evoluindo de pouquinho em pouquinho, vim pra cá em 1972, comecei a jogar torneios infanto-juvenil, mas sempre dando aula, ia jogar torneio profissional e voltava para dar aula, sempre me preparava dando aulas. Antigamente os clubes tinham equipes e bancavam os principais atletas, então era mais fácil trabalhar, trabalhei com a Patrícia Medrado, o Danilo Marcelino. Ultimamente venho jogando alguns torneios Seniors e desfrutando, mas sempre na atividade dando aulas", afirmou Paulo Silva que comemorou mais um título brasileiro onde o mesmo já perdeu as contas:"Esse ano foi bacana, nos 70 anos levo vantagem sobre os demais por estar na quadra constantemente, bom preparo físico. Fui várias vezes campeão Brasileiro, venci o ano passado em Aracaju, o Sul-Americano em Brasília. Estou bem feliz".

A Bahia levou títulos em simples também com Carlos Paz nos 65 anos masculino e Nilda Santana nos 70 feminino. Nas duplas nos 35 anos masculino Tom Paim venceu ao lado do jogador do Amapá, Francisco Caetano. Nos 55 anos masculino dupla o troféu foi para Hildebrando Filho com o goiano Pedro Coelho. Nos 60 feminino título para as baianas Jean Souca e Luiza Silva. Nos 60 masculino, Alfredo Americano faturou ao lado do paulista Henrique Avancine.

AL, SP, RS, SC, MG, RJ, PR, DF, SP, AP e GO levam troféus em Salvador (BA)

Nas demais categorias títulos ficaram com atletas de Alagoas com destaque para Paula Negrão derrotando Carolina Madrid, do Distrito Federal, por 6/2 6/4. Carolina é a número dois do mundo na categoria 35 anos feminino. Nos 40 masculino, Minas Gerais levou o troféu com Felipe Miana batendo o baiano Emerson Mangabeira por 6/2 6/0. O número três do mundo defendeu a conquista de Aracaju (SE) ano passado: "Ano passado ganhei o torneio, vim prestigia esse ano, estou muito satisfeito e assim que tiver outra competição aqui venho de novo. Gostei das minhas atuações aqui, estranhei só um pouquinho o piso que não estamos acostumados, mas foi bem bacana, saio bem feliz",

O Paraná levantou canecos destaque para o número 4 do mundo, Marco Silva, de Curitiba (PR), vencedor na categoria 50 masculino. Na final ele superou por 6/4 6/4 o carioca José Amariudo e faturou seu 6º título Brasileiro: "Jogo duríssimo na final, ele é um grande jogador, corre muito, jogo perigoso. Tive dificuldades no início, ele abriu 4/1, mas consegui reverter o placar, mudei minha estratégia, precisei jogar bolas mais altas que ajudaram por conta de sua estatura, jogar com o primeiro serviço e empurrá-lo mais pra trás para neutralizar seus ataques. Foi um duelo difícil de vencer", apontou o hexacampeão: "É um trabalho para chegar a este objetivo de vencer o Brasileiro e buscar outros, agora minha meta é ser número 1 do mundo, para isso preciso seguir batalhando no dia-a-dia e podendo desfrutar desse torneio que foi uma maravilha".

A competição se encerra com sucesso absoluto e a busca para sediar um evento fixo nível mundial da Federação Internacional de Tênis: "É a terceira edição desse torneio que começou como um evento em Porto Seguro, é a continuação dele que eu e Washington Nilo passamos a conduzir inicialmente como um torneio nível nacional e agora trazendo o Brasileirão que já conta pontos para o mundial. E desde já estamos pensando na próxima temporada para ter esse evento nível ITF mundial entre setembro/outubro. Todo mundo gosta de vir a Salvador, é uma cidade turística, e pelo que vi todos gostaram e elogiaram o torneio. Sem dúvida no ano que vem o torneio será ainda maior", destacou FRancisco Pimenta, presidente do Costa Verde Tennis Clube: "Um torneio como esse não poderíamos realizar sem a participação efetiva dos patrocinadores. Nosso grande patrocinador desde o início é o Atacadão Atakarejo que a cada ano cresce no aporte no torneio assim como a Volvo que está conosco desde o ano passado e trabalhamos para seguir com eles e os demais apoiadores".

Um dos principais patrocinadores do evento e apoiadores do tênis na Bahia é Teobaldo Costa, presidente do Atacadão Atakarejo, rede de supermercados, que marcou presença nas finais deste sábado: "Realmente é muito importante apoiar o tênis e o esporte no Brasil. Na Argentina o tênis é muito popular e no Brasil deveria haver um incentivo maior para popularizar ainda mais. Esse evento é muito importante pois tivemos cerca de 200 atletas e muita gente de fora, pessoal que vem de fora traz acompanhante, esposas, filhos e assim desfrutam da cidade, dos hoteis, fazem passeios e movimentam a econômia local e também o clube. É um evento muito importante para o esporte e a cidade"

Jardel Almeida, executivo de vendas da agência Suécia, representando a GNC Suécia e p Grupo GNC da marca Volvo, também marcou presença no dia final do Brasileirão: "A Volvo juntamente com o grupo GNC Suécia apoiam e incentivam o esporte, temos um chamariz da Volvo sempre atrelado à segurança, é sempre um atrativo da Volvo e sem dúvida é pensar em saúde e bem-estar é sempre interessante. Participar de um evento desse porte como patrocinador Master para nós é de extremo resultado".

Resultados deste Sábado (08/09):

35M - José Evaldo Jr (BA) 6/2 6/0 Sérgio Gianetti (SP)

45F - Maria Luisa(RS) 6/3 6/2 Valdinete Santos(SE)

50F - Tania Candemil(SC) 6/0 6/0 Livia Torres(MG)

55F - Lilia Britto(DF) 6/2 6/7 (5) 6/2 Venus Aragao(DF)

50M - Marco Silva(PR) 6/4 6/4 José Amariudo(RJ)

55M -Helio Ferreira(SP) 6/1 6/3 Pedro Coelho(GO)

40M - Felipe Miana(MG) 6/0 6/2 Emerson Mangabeira(BA)

45M - Clayvert Gusmao(RJ) 6/0 3/1 desistência Marcio Iorio(RJ)

35F - Paula Negrao(AL) 6/2 6/4 Carolina Madrid (DF)

Hall dos Campeões:

35F - Paula Negrão (AL)

35M - José Evaldo Jr. (BA)

40M - Felipe Miana (MG)

45M - Clayvert Gusmão (RJ)

45F - Maria Luisa (RS)

50F - Tania Candemil (SC)

50M - Marco Silva (PR)

55M - Helio Ferreira (SP)

55F - Lilia Brito (DF)

60F - Rosangela Fritelli (SP)

60M - Amadeu Façanha (DF)

65M - Carlos Paz (BA)

65F - Sueli Reis (PR)

70M - Paulo Silva (BA)

70F - Nilda Santana (BA)

75F - Christa Coelho (MG)

80M - Humboldt Jordão (GO)

Duplas:

35FD - Paula Negrão/Carolina Madrid (AL/DF)

35MD - Tom Paim/Francisco Caetano (BA/AP)

40MD - Marcio Iorio/José Amaiudo (RJ)

50FD - Tania Candemill/Lilia Britto (SC/DF)

50MD - Marco Silva/Carlos Cucchi (PR/SP)

55MD - Hildebrando Silva/Pedro Coelho (BA/GO)

60FD - Jean Souca/Luiza Silva (BA)

60MD - Henrique Avancine/Alfredo Americano (SP/BA)

65FD - Sueli Reis/Diva Menechelli (PR/SP)

65MD - Fernando Doria/Wong Kwan (AL/RJ)

75MD - Francisco Coelho/José Silvestre (RJ/GO)

O Brasileirão Seniors em Salvador tem o patrocínio do Atacadão Atakarejo, Volvo, Incomaf Madeireira e Facit Fachadas, Artcasa Brasil - Importação e Exportação Ltda., Águas e do escritorio de advocacia Badaró Almeida e SETRE, a Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, Água Mineral Loá e conta com o apoio dos Correios. O evento é uma realização do Costa Verde Tennis Clube, da Confederação Brasileira de Tênis e da Federação Bahiana de Tênis.