X

Demoliner dá palestra para crianças carentes de projeto e cria Instituto

Segunda, 12 de maio 2014 às 18:49:43 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Marcelo Demoliner (Estácio/Unimed/Correios), atleta da equipe Tennis Route, do Rio de Janeiro, passou o final de semana de Dia das Mães com a família em sua cidade natal, Caxias do Sul (RS), e no último sábado deu uma palestra para mais de vinte alunos do Projeto Tênis na Comunidade: revelando campeões que insere jovens carentes locais no esporte e também dá aulas de inglês para os garotos.

Demoliner, número 106 do mundo nas duplas, quarto melhor do país na categoria, contou sua trajetória como tenista e como funciona a vida e carreira de um atleta. Depois ele ainda realizou ações como uma clínica de tênis para as crianças e sorteou dois álbuns da Copa do Mundo, o qual também coleciona.

"Foi um evento muito legal. Está sendo muito gratificante poder ajudar quem realmente precisa.Vejo neles coisas que já passei e tento ajudar da melhor forma possível ou com materiais ou então com palavras de minha experiência. Esse projeto é muito bacana", contou Demoliner que criou o Instituto Marcelo Demoliner, sem fins lucrativos, voltado para ajudar ao projeto conseguindo apoio para o mesmo e também outros ligados ao tênis: "Com esse Instituto sem fins lucrativos posso ajudar mais a garotada desse projeto que vêm dos bairros mais pobres de Caxias do Sul e também outros que estou analisando para apoiar. Só de ver as crianças nesse ambiente, que tira elas da violência, más companhias e influência, já é muito importante".

Demoliner retornou nesta segunda-feira ao Rio de Janeiro e retomou os treinos de preparação para uma série de torneios na Europa a partir do fim do mês.

A academia Tennis Route, idealizada por Rogério Melzi tem a coordenação dos técnicos e sócios Walter "Gringo" Preidkman, Eduardo "Duda" Matos e João Zwetsch, capitão do Brasil na Copa Davis, e conta com cerca de 20 atletas entre eles Fabiano de Paula e Marcelo Demoliner. A Academia está situada no Rio de Janeiro,no Recreio dos Bandeirantes em anexo ao hotel Atlântico Sul e além do staff acima conta com treinadores assistentes, rebatedores, preparador físico, e fisioterapeuta, além de suporte nas áreas de medicina esportiva, psicologia, e nutrição. A infraestrutura segue recebendo investimentos em melhorias com o objetivo de tornar o ambiente cada vez mais propício ao desenvolvimento do esporte. E, falando em ambiente, o clima entre os atletas, membros da equipe, patrocinadores, e apoiadores, segue como um dos pontos fortes desse projeto que cada vez mais ocupa seu espaço no tênis brasileiro.