X
banner

Final da Fed Cup é adiada em definitivo para abril de 2021

Sexta, 26 de junho 2020 às 08:51:46 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

A Federação Internacional de Tênis (ITF) organizadora do principal torneio entre nações do tênis feminino, a Fed Cup, acaba de anunciar o adiamento das finais de 2020 para serem realizadas entre 13 e 18 abril de 2021. A sede segue em Budapeste, na Hungria.




A disputa, que pela primeira vez seria realizada em espelho às finais da Copa Davis, com disputa em fase de grupos, semifinal e final, estava programada para acontecer este ano na  Laszlo Papp Arena de Budapeste, mas acabou cancelada junto com os torneios do calendário da Associação das Tenistas Profissionais (WTA), em razão da pandemia da COVID-19.


Em comunicado enviado à imprensa, a Fed Cup explica que as 12 nações já classificadas para as finais estão garantidas, tais como o sorteio das chaves, que já havia sido realizado. A disputa de playoffs, que também aconteceria em abril, está programada para fevereiro de 2021, com os sorteios. O mesmo vale para as quatro fases regionais, que ainda aconteceriam: dois eventos no Grupo II das Américas, um evento no Grupo II da Ásia / Oceania e o evento do Grupo III da Europa / África.


Desta forma, fica adiado para 2022 a transformação da Fed Cup num evento global anual, sem classificações regionais.


O presidente da ITF, o norte-americano David Haggerty, afirmou no comunicado que a “saúde e segurança” de atletas e fãs seguem como prioridade da entidade e aproveitou para agradecer o governo húngaro pelo apoio dado ao torneio.


Portanto, as 12 nações que lutarão pelo título da Fed Cup serão: França, Rússia, Hungria, Austrália, Belarus, Bélgica, Estados Unidos, Espanha, Eslováquia, República Tcheca, Alemanha e Suíça.


A equipe do Brasil jogará em fevereiro, a fase de Playoffs pro grupo mundial 2022 contra a Polônia, na casa das adversárias.

 

banner
banner