X
banner

Kyrgios: 'Contratar técnico é perda de dinheiro'

Segunda, 08 de junho 2020 às 11:24:27 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

O tenista australiano Nick Kyrgios, número 40 do mundo, revelou ao jornal The West Australian que contratar um treinador é perda de dinheiro e que não quer vencer um torneio do Grand Slam, apenas se sentir bem e se divertir em quadra.



"Pessoalmente, creio que contratar um treinador é uma perda de dinheiro, creio que sepaga muito para eles. Agora mesmo meu objetivo não é ser campeão de Grand Slam, tudo o que quero é recorrer este caminho da minha maneira, me divertir e jogar. Por tanto, não tem nenhum sentido para mim contratar um treinador e não quero perder tempo nem quero que ele perca tempo", disse Kyrgios dias após John McEnroe, lenda do tênis, afirmar que gostaria de treinar o australiano.

"É simples, não creio que nenhum treinador esteja preparado para algo assim, assim que não vou passar por ali, terminaria sendo um pesadelo. No ponto da minha carreira onde estou agora mesmo, é um ponto muito distante para ter um treinador, estou muito implicado em criar meu próprio caminho, não estou disposto aq escutar conselhos, honestamente", seguiu o atleta de 25 anos.

Sobre os Slams onde só chegou nas quartas, ele apontou: "Não creio que meu corpo possa aguentar sete jogos que são necessários para vencer um Grand Slam, sobretudo tendo em conta as três, quatro horas que gastam em cada rodada. Se pudesse, depois de cada jogo iria tomar umas cervejas, só quero relaxar. creio que levamos muito a sério o esporte".

Kyrgios ainda mandou recados: "Tiveram pessoas que não dariam dois centavos por mim, fizeram comentários que em ocasiões me fizeram dano. Eu só era uma criança, só queria jogar, ir competir, mas há treinadores capazes de dizer a um jovem de 14 anos que precisa perder peso urgentemente. 'E se não fizer, nunca será bom'. Essas situações foram difíceis de controlar, minha intenção era demonstrar que muita gente estava equivocada. Queria lher ensinar que a criança gorda de Camberra era decente batendo na bola, que poderia estar entre os melhores do mundo".

 

 

banner
banner