X

Técnico de Sinner busca parceria para treinar com Nadal e Djokovic

Terça, 02 de junho 2020 às 10:31:32 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Treinador do jovem Jannik Sinner, atual campeão do NextGen Finals, Riccardo Piatti está buscando uma parceria com Carlos Moya para que seu pupilo treino com Rafael Nadal na academia do espanhol em Manacor, na Espanha.  



"Constantemente levo Jannik para treinar com Alexei Popyrin ou Stefanos Tsitsipas. Em poucos dias chegarão em Montecarlo jogadores como Alexander Zverev ou Stan Wawrinka e seguramente aprenderá muitas coisas. Já faleu com Carlos Moya porque gostaria que Sinner treinasse alguma vez com Rafael Nadal.  Também queria treinar com Novak Djokovic. Nesse momento como não há torneios, trato que jogue partidas de treino diante de alguns dos melhores do mundo do circuito para que aprenda coisas e adapte seu estilo de jogo. Estas jovens promessas aprender jogando diante dos melhores que ele", disse Piatti ao Ubitennis.

"A verdade é que a temporada começou muito bem. Viajei para a Austrália para estar com Maria Sharapova e Jannik Sinner. Duas semanas mais tarde, Maria anunciou sua aposentadoria e Jannik se viu obrigado a parar por conta da pandemia do coronavírus. Além disso, tivemos que fechar o clube de tênis durante três meses e passei a ter praticamente nada. Agora parece que pouco a pouco estamos voltando à normalidade, mas ainda não sabemos quando o tênis profissional voltará. Este 2020 poderia ter sido melhor, mas são coisas que acontecem na vida".

Sobre o que fez Jannik na pandemia e nessas primeiras semanas de retorno, ele disse: "Teve tempo para trabalhar o aspecto físico em casa. Em quadra trabalhamos muito o saque, já creio que seja um dos aspectos a melhorar. Ele tem que começar a usar melhor as rotações com o saque e saber quando precisa servir para o backhand ou para a direita do oponente. Parece que pouco a pouco está melhorando nesses aspectos e em breve terá um saque bem consolidado no circuito".

"Sinner ainda está em fase de amadurecimento que vai durar uns três anos. Antes de fazer 14 anos ele só jogava três vezes na semana. Ainda falta muito tênis por jogar. Tem uma capacidade enorme para variar o ritmo com o backhand, além de contar com um voleio tecnicamente muito bom. Óbvio que tem muitas coisas boas e outras más e que se frustra muito nas partidas quando as coisas não vão como ele mesmo quer. Essa mentalidade vai mudando com o passar dos anos, mas podemos dizer que Sinner está no caminho correto para fazer grandes coisas no esporte". 

 

 

 

banner
banner